fbpx
Cultura

Sorocaba tem seis estreias nos cinemas nesta quinta-feira (29)

Novidades reúnem opções para todos os gostos, com clássico, animação, terror, suspense e comédia
Sorocaba tem seis estreias nos cinemas
O clássico “Robin Hood” volta às telonas numa readaptação estrelada por Taron Egerton – Foto: Divulgação

A adaptação do clássico “Robin Hood” é a novidade que passa a ocupar maior número de salas dos cinemas de Sorocaba a partir desta quinta-feira (29). A lista de estreias também conta com o terror “Cadáver”, o suspense “As viúvas”, e os nacionais “Encantados” e “Os exterminadores do além contra a loira do banheiro”, além do italiano “A garota na névoa”.

Estrelado pelo ator galês Taron Egerton (“Kingsman – serviço secreto”), a clássica história de “Robin Hood” ganha a primeira adaptação para os cinemas desde 2010 e, dependendo da resposta do público — e da bilheteria –, poderá ser o reboot de uma nova franquia do generoso ladrão que rouba dos ricos para dar aos pobres. Com direção de Otto Bathurst e roteiro de Joby Harold, o filme foca na origem do arqueiro que volta das Cruzadas e surpreende-se ao encontrar a Floresta Sherwood infestada de criminosos, no mais completo caos. Além de Egerton, o elenco conta com Jamie Foxx, Eve Hewson e Jamie Dornan.

Para quem gosta de filmes de terror, a opção é “Cadáver”, estrelado por Shay Mitchell (da série “Pretty little liars”). A trama acompanha Megan Reed (Shay), uma policial que luta contra os vícios e está prestando serviços comunitários em um hospital recebe um cadáver desfigurado. Trancada sozinha dentro dos corredores do porão, Megan começa a ter visões horripilantes e suspeita que o corpo pode estar possuído por uma força demoníaca impiedosa. O roteiro é de Brian Sieve (“O pesadelo 2”) e direção do holandês Diederik Van Rooijen (“Penoza”).

O clássico “Robin Hood” volta às telonas numa readaptação estrelada por Taron Egerton
O terror “Cadáver” é estrelado por Shay Mitchell – Foto: Divulgação

Quatro mulheres entram para o mundo do crime após os seus maridos morrerem durante uma das maiores tentativas de assalto da atualidade. Essa é a premissa do suspense “As viúvas”, que também estreia nos cinemas de Sorocaba. Com um elenco feminino de peso, formado por Viola Davis, Michelle Rodriguez, Elizabeth Debicki e Cynthia Erivo, o longa é uma adaptação do livro homônimo de Lynda La Plante e tem direção de Steve McQueen (“Shame” e “Fome”).

Rodado em 2008 e finalizado em 2014, o filme nacional “Encantados”, da cineasta brasileira Tizuka Yamasaki, finalmente chega hoje às telonas. O longa conta a história real da paraense Zeneida Lima, pajé, educadora, escritora e fundadora da Instituição Caruanas do Marajó Cultura e Ecologia. Inspirado no livro de Zeneida, “O mundo místico dos Caruanas da Ilha do Marajó, o filme acompanha Zeneida (Carolina Oliveira), então menina, que sai de Belém, com a mãe Zezé os sete irmãos e vai para Ilha do Marajó, por determinação de Angelino, pai ilegítimo dos oito filhos que teve com Zezé.

Outra produção nacional é a comédia “Os exterminadores do além contra a loira do banheiro”, protagonizado pelos humoristas Danilo Gentili, Léo Lins, Murilo Couto. Com direção de Fabrício Bittar (Como se tornar o pior aluno da escola), o longa que mescla humor e terror narra a história de um trio de youtubers que fingem ser especialistas em seres sobrenaturais. Após a convocação para exterminar a tal loira do banheiro em uma escola, eles terão de colocar o que de fato conhecem em jogo.

Italiano e documentário

Nesta semana, a sala voltada a filmes de arte do Sorocaba Shopping exibe o suspense italiano “A garota na névoa”, de Donato Carrisi. A trama acompanha o detetive Vogel (Toni Servillo), que investiga o desaparecimento de uma garota numa cidadezinha dos Alpes italianos. Já neste sábado (1º), às 11h, o Cinépolis Iguatemi 7 exibe sessão especial do documentário nacional “Renascimento do parto 3”, de Ricardo Chauvet. Última parte da impactante trilogia que denunciou violência obstétrica e ajudou a desmistificar o “parto humanizado”, o filme mostra o SUS que dá certo, a cena obstétrica na Holanda, Nova Zelândia e Camboja.

Comentários
Assuntos