Cultura

Semana tem cinco novidades e duas pré-estreias nos cinemas

A principal novidade é o terror "A maldição da chorona"
Semana tem cinco novidades e duas pré-estreias nos cinemas
O terror “A maldição da chorona” é a estreia que ocupa mais salas na cidade – Foto: Divulgação

Terror, ficção científica, suspense, drama e religioso são os gêneros que compõem o variado cardápio de estreias que chegam nesta quinta-feira (18) aos cinemas de Sorocaba. Confira a programação completa.

A novidade que passa a ocupar maior número de salas é o terror “A maldição da chorona”, direção de Michael Chaves (“The maiden”). Ambientado em Los Angeles da década de 1970, o longa conta a história de uma assistente social que cria seus dois filhos sozinha, depois de ficar viúva.

Ela começa a ver semelhanças entre um caso que está investigando e a entidade sobrenatural “La Llorona”. A lenda conta que, em vida, La Llorona afogou seus filhos e depois se jogou no rio, debulhando-se em lágrimas. Agora ela chora eternamente, capturando outras crianças para substituir os filhos.

Semana tem cinco novidades e duas pré-estreias nos cinemas
“Cópias — de volta à vida”, estrelado por Keanu Reeves, não animou a crítica – Foto: Divulgação

Outra opção é a ficção científica “Cópias — de volta à vida”, estrelado por Keanu Reeves. Desta vez, o astro de “Matrix” interpreta William Foster, um neurocientista que, depois de perder a sua família em um grave acidente de trânsito, vê-se obcecado em trazê-los de volta, mesmo que isso signifique desafiar boa parte do governo e, principalmente, as leis da física.

O filme, entretanto, não tem empolgado a crítica especializada: “Uma ficção científica cafona que deve despertar mais risos involuntários do que qualquer outra coisa”, escreve Sandy Schaefer, da Screen Rant.

Na Semana Santa, as salas da cidade recebem o longa “Jesus de Nazaré: o filho de Deus”, com direção de Rafa Lara. Superprodução latina, o filme tem elenco latino-americano, como o espanhol Julián Gil (Jesus) e o brasileiro Sérgio Marone que interpreta Pôncio Pilatos.

Rodado nos cenários espanhóis da Almeria, Cartagena, Cabo de Gata e Velez Blanco, o filme conta a história da vida de Cristo desde sua provação no deserto do vale do Jordão, passando pela via sacra até a crucificação e posterior ressurreição.

A sala 7 do Cineplay Sorocaba, dedicada exclusivamente à exibição de filmes de arte, recebe o suspense francês “Climax”. Dirigido pelo argentino Gaspar Noé (“Irreversível”), o filme se passa na década de 1990. Um grupo de dançarinos urbanos se reúne em um isolado internato, localizado no coração de uma floresta, para um importante ensaio.

Ao fazerem uma última festa de comemoração, eles percebem que foram drogados quando uma estranha loucura toma conta deles. Sem saberem o porquê ou por quem, os jovens mergulham num turbilhão de paranoia e psicose.

Já a sala 7 do Cinépolis, no Iguatemi Esplanada, recebe sessão especial do projeto Caixa de Pandora, com o filme independente “O mau exemplo de Cameron Post”. Flagrada pelo namorado ficando com a melhor amiga em pleno baile de formatura, Cameron Post (Chloe Grace Moretz) é enviada pela tia para um centro religioso que afirma curar jovens atraídos pelo mesmo sexo, mas para se submeter ou não ao suposto tratamento, a adolescente precisa antes descobrir quem é de fato. “É um filme triste, doce e engraçado”, resume Peter Bradshaw, do britânico The Guardian.

Pré-estreias

No final de semana, Sorocaba recebe sessões de pré-estreia do drama “A menina e o leão”. Co-produção entre França, Alemanha, África Do Sul, o longa conta a história de Mia, uma jovem de 14 anos que desde pequena tem uma profunda amizade com Charlie, um leão branco da fazenda de sua família.

Quando seu pai decide vender Charlie para caçadores de troféus, Mia não vê outra opção além de fugir com o leão para salvá-lo.

Já na próxima quarta-feira, dia 24, os complexos de cinema da cidade recebem sessões de pré-estreia de “Vingadores: ultimato”. A poucos dias de entrar em cartaz, os fãs da saga da Marvel estão preocupados com vazamento de spoilers antes da estreia.

Na última segunda-feira (15), supostas cenas do filme foram vazadas no Twitter e os diretores se pronunciaram com um comunicado publicado no Instagram. “Para os melhores fãs do mundo, é isso. Esse é o fim. O filme de uma narrativa sem precedentes que abrangeu 11 anos e 11 franquias. Quando você assistir à Ultimato nas próximas semanas, não conte spoilers para os outros, do mesmo modo que você não gostaria que acontecesse com você”, diz um trecho da nota escrita pelos diretores, os irmãos Anthony e Joe Russo. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO