Cultura

Profusão Cultural realiza 3ª edição amanhã

Um panorama da música independente produzida em diferentes vetores do interior paulista poderá ser conferido pelo público sorocabano na 3ª edição do projeto Profusão Cultural, que ocorre neste domingo (08), a partir das 17h, no Complexo Mofo (rua Eugênio Rabelo, 74, Jardim Paulistano). A entrada custa R$ 10 (antecipado) e R$ 15 na bilheteria. A programação contará com shows das bandas Odradek, Travelling Wave, ambas de Piracicaba; e Dolphinkids, de Suzano, todas com materiais totalmente autorais lançados recentemente.

Segundo Lucas Felipe de Oliveira, um dos organizadores do Profusão, o foco desta terceira edição é apresentar a potência criativa das bandas independentes espalhadas pelo interior de São Paulo. “Desta vez não convidamos bandas da região [de Sorocaba] para variar um pouco e mostrar que o cenário do interior é muito forte”, diz.

Os shows começam às 17h30, mas a partir das 15h terá discotecagem com os DJs Gigante e Emerson Punk. Além das apresentações musicais, haverá exposição de ilustrações de Luitz Terra, venda de lanches, porções e doces veganos, além de brechó de moda sustentável. Os ingressos antecipados devem ser adquiridos pelo site www.sympla.com.br, até as 17h deste domingo.

Leia mais  “Era uma vez em... Hollywood” e "Simonal" estreiam nos cinemas

Realizado de maneira independente por um grupo de jovens sorocabanos, o Profusão Cultural também pretende contribuir com o intercâmbio cultural, estreitando os laços entre artistas e bandas locais com os de outras regiões. “Na verdade, queremos que as bandas de Sorocaba saiam para tocar fora também. Sabemos que não é fácil, mas às vezes, participando de eventos que têm outras bandas de fora e produtores, elas conseguem fazer um networking e sair da cidade”, defende Oliveira.

Power trio que já tocou em palcos de festivais como Febre, Locomotiva Festival e, recentemente, Bananada 2018, a Odradek apresentará álbum recém-lançado intitulado “O Pentimento”, disponível para audição nas principais plataformas de música digital. Formada por Caio Gaeta (bateria), Fabiano Benetton (guitarra) e Tomas Gil (baixo), a Odradek possui influências de math-rock, post-rock, punk, progressivo e experimental.

Leia mais  Reflexões que são um sopro de liberdade

Em seguida, a Dolphinkids, de Suzano, se apresentará pela segunda vez em Sorocaba — a primeira passagem foi a convite dos produtores do projeto Lobotomia –, desta vez, com um setlist que inclui músicas do novo EP (extended play) “Primavera”, lançado recentemente pelo selo Sagitta Records. Com influências de synthpop e indietrônica, a Dolphinkids se destaca pelo uso de sintetizadores, batidas eletrônicas e a voz potente da cantora Larissa Braga. A banda é completada por João Irente (sintetizadores) e Pedro Ponce Coulange (baixo e guitarra).

O encerramento ficará por conta da Travelling Wave, de Piracicaba. Com grande bagagem no cenário da música independente, a banda já tocou nos palcos do Circadélica, Locomotiva Festival e, recentemente, no Festival Bananada 2018, em Goiânia. Composta por Carol Alleoni (voz e sintetizador), Thiago Altafini (guitarra e backing), Vitor Galvão (baixo e sintetizador) e Luciano Barbosa (bateria), o grupo mescla elementos do blues, shoegaze, post-punk e neo-psicodelia.

Leia mais  Brasil divulga filmes que disputam indicação ao Oscar

O Profusão Cultural estreou em dezembro de 2017 no estúdio Solana Records. A segunda edição, também no Complexo Mofo, foi realizada em abril, com um lineup que misturou bandas e artistas da região de estilos variados, incluíndo o rock alternativo do grupo Strawberry Licor, o metalcore da banda Iníbia e as rimas da rapper Alice Guél. Segundo Oliveira, em virtude do público crescente a cada edição, o evento se consolidará a partir de setembro com frequência bimestral, sempre em espaços alternativos, como estúdios de gravação e galerias de arte, por exemplo.

Comentários

CLASSICRUZEIRO