fbpx
Cultura

Músicos de Tatuí participam do ‘Prelúdio’, da TV Cultura

O flautista Abner Américo e o violinista Mateus Vieira se apresentam na última rodada da fase eliminatória
Músicos de Tatuí participam do ‘Prelúdio’, da TV Cultura
Apresentação dos jovens talentos no programa vai ao ar no domingo, às 11h. Crédito da foto: Divulgação

As performances dos dois jovens músicos de Tatuí, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), selecionados para a temporada 2019 do programa “Prelúdio”, vai ao ar neste domingo, às 11h, na quarta eliminatória do talent show da TV Cultura.

O flautista Abner Américo, de 22 anos, e o violinista Mateus Vieira, de 15, se apresentam na quarta e última rodada da fase eliminatória que terá, ainda, como competidores o violoncelista Samuel Silva, 24 anos, de Ribeirão Preto e o trompetista Victor Atanázio, de 21 anos, de Bauru.

Leia mais  TV Cultura cria novo canal no YouTube para exibir programas antigos

 

Abner iniciou os estudos em 2010 com os professores Tatiana Gerassimova e Arley Raiol. No mesmo ano ingressou na Orquestra Jovem Encontro das Águas de Manaus (AM). Participou ativamente de três encontros internacionais de flautistas, organizado pela Associação Brasileira de Flautistas (Abraf), nas edições de 2012 em Manaus, 2014 em Belém e em 2017 em São Paulo.

Em 2015 iniciou seus estudos no Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, em Tatuí, sob orientação do professor Anselmo Pereira. Sobe ao palco apresentando Khachaturian, concerto para flauta (adaptado), 1° movimento.

Mateus Vieira iniciou seus estudos de violino em 2015, aos 10 anos, no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí, com a professora Graziela Pagotto. Participou de muitos festivais, como o Festival Música nas Montanhas, em Poços de Caldas, em 2016; 35ª Oficina de Música em Curitiba, em 2018 e 2019; 2º Violin Festspiele Brazil, em 2018 e Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro em Trancoso (BA), em 2019. Atualmente, faz aulas com a renomada professora Elisa Fukuda. Tocará no Prelúdio a composição Zigeunerweisen (Árias Ciganas), de Pablo de Sarasate.

Os candidatos foram avaliados por um júri especializado formado por importantes nomes do cenário musical: o produtor João Marcello Bôscoli, o violista Marcelo Jaffé, a mezzo-soprano Inês Stockler e o maestro Emiliano Patarra.

O vencedor do programa ganhará uma bolsa de estudos na Academia Franz Liszt, em Budapeste, na Hungria, uma das mais importantes escolas de música do mundo. O prêmio é oferecido pelo Consulado da Hungria. (Da Redação)

Comentários