fbpx
Cultura

Marcel Bottaro Septeto toca ‘Boas Vindas’ no Sesc Sorocaba

O disco reúne músicas que passam por ritmos de diferentes regiões do Brasil
Marcel Bottaro toca ‘Boas Vindas’ no Sesc
Além de Marcel, o septeto é formado por André Grella, Camilo Macedo, Tiago Mecatti, Fábio Oliva, Reynaldo Izzepi e Dô de Carvalho. Crédito da foto: Divulgação

A fusão de ritmos da cultura tradicional brasileira com elementos da música contemporânea mundial será apresentada pelo grupo Marcel Bottaro Septeto nesta quinta-feira (6), às 20h, no teatro do Sesc. Liderado pelo contrabaixista, compositor e arranjador sorocabano Marcel Bottaro, o septeto tocará na íntegra o álbum “Boas Vindas”, lançado em setembro de 2017, com fomento da Lei de Incentivo à Cultura de Sorocaba (Linc).

Com dez composições autorais marcadas pela a rica sonoridade escrita para a desafiadora formação de septeto e recheadas de espaços para a improvisação, que valorizam a criatividade e a musicalidade de cada integrante, o disco reúne músicas que passam por ritmos de diferentes regiões do Brasil, como a chacarera gaúcha, o frevo, a toada mineira, o samba, o maracatu, o jongo e o baião.

Este último gênero musical, representado na música “Mestre Heraldo”, dedicada ao lendário guitarrista pernambucano Heraldo do Monte, ex-integrante do Quarteto Novo e pioneiro na arte da improvisação — herança do jazz — com sotaque tipicamente brasileiro. “Música de ótimo nível. Criativa e muito bem tocada”, validou o mestre logo após sua primeira audição.

Leia mais  Permanecem abertas as inscrições para oficinas gratuitas do Estado

Além de Marcel Bottaro (contrabaixo acústico e elétrico), o septeto é formado por André Grella (piano), Camilo Macedo (violão e guitarra), Tiago Mecatti (bateria), Fábio Oliva (trombone, Reynaldo Izzepi (trompete) e Dô de Carvalho (saxofone e flauta).

O show contará com temas inéditos, números solos de piano e bateria. Além do contrabaixo acústico, tocado com tanto com uso de arco quanto com a técnica pizzicato — na qual as cordas são “beliscadas” com os dedos –, Marcel Bottaro tocará também baixos elétrico de seis cordas e e fretless (sem trastes). “A diferença que se dá entre o show e o disco [lançado há um ano] é principalmente a confiança. Agora estamos mais familiarizados, tanto com as músicas quanto com o grupo, e isso permite que a gente toque de um jeito ainda mais livre e fluído”, diz Bottaro.

Nascido em Sorocaba em 1980, começou a estudar música aos 13 anos de idade. Estudou no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos em Tatuí. Ao longo de mais de 20 anos de carreira, em trabalhos com diferentes formações, já dividiu o palco com artistas de renome como Hermeto Pascoal, Inezita Barroso, Francis Hime, Vinícius Dorin, Nenê e Arismar do Espírito Santo.

Serviço

Marcel Bottaro Septeto
Nesta quinta-feira (6), às 20h
Teatro do Sesc (rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade)
Entradas R$ 17 (inteira), R$ 8,50 (meia) e R$ 5 (credencial plena)

Comentários

CLASSICRUZEIRO