Cultura

Luan Santana afirma que se inspirou na banda U2 em projeto ‘Live-Móvel’

Cantor gravou seis canções inéditas de forma itinerante e ao vivo
O cantor falou ainda que se baseou em uma ação da banda irlandesa U2 pelas ruas de Nova York . Crédito da foto: Divulgação

 

Três meses depois de passar por quatro cidades brasileiras com pockets shows surpresas, o cantor Luan Santana lançou oficialmente, nesta sexta-feira (14) em São Paulo, seu EP DVD “Live-Móvel”. São sete músicas inéditas, sendo seis delas lançadas em EP e uma delas apenas nas plataformas de streaming.  Com participação das duplas sertanejas Jorge e Mateus e Simone e Simaria, e do funkeiro MC Kekel, Luan Santana continua com estilo pop romântico, porém um pouco mais apimentado e erótico, sem deixar o batidão sertanejo de lado.

Luan Santana afirmou que o estilo musical do novo projeto nada mais é do que um resumo de tudo que já vem gravando nos últimos dez anos. “Essa pegada mais sexy de falar de amor já estava presente em ‘Acordar o Prédio’, ‘Nega’. É algo que venho falando de amor de diferentes formas. Às vezes, de forma mais profunda, outras de formas mais divertidas e outras de formas mais sexies.”
O cantor falou ainda que se baseou em uma ação da banda irlandesa U2 pelas ruas de Nova York para realizar o “Live-Móvel Project”. “Há um cinco anos venho com essa ideia de apresentar esse show com palco móvel passando por diferentes lugares.”

“É um projeto muito diferente de tudo que eu já fiz. Fiquei muito ansioso antes de lançar esse projeto. Apesar de saber que as pessoas receberiam de uma forma linda, a gente nunca sabe o tamanho que vai ser. Está sendo tudo muito novo para mim”, afirmou o cantor.  Sobre a tão aguardada parceria com Jorge e Mateus, Luan afirmou que conhece a dupla há muito tempo e agora é a hora certa de gravar com eles.

Leia mais  Lollapalooza 2019 terá ingressos a R$ 1.560; vendas começam dia 29

“Nós fomos os primeiros do novo sertanejo e as pessoas estavam esperando por isso há pelo menos dez anos para que acontecesse esse encontro em forma de feat. Essa era a hora certa de gravarmos alguma coisa junta e era um projeto que combinava com eles porque estamos há dez anos cantando em tudo quanto é lugar e pegar pessoas de surpresa também combina com eles.”
Luan Santana afirmou que começa a turnê Live-Móvel X no dia 26 de setembro no Espaço das Américas, na zona oeste de São Paulo. “Tenho pensado muito em como levar esse caminhão para lugares diferentes. Até agora não achei uma forma de fazer isso, mas a turnê vai acontecer nos paços tradicionais.”

Além do novo projeto musical, Luan Santana divide seu tempo com a apresentação do programa Só Toca Top, exibido nas tardes de sábado da Globo, e na noites de sexta no Multishow.
Pensado desde o final do ano passado, o programa leva semanalmente as músicas e os artistas mais tocados no país, segundo os rankings mais variados: canções mais tocadas nas rádios, o samba mais bombado na internet e os rocks mais ouvidos no Nordeste são algumas das listas que podem aparecer em cada episódio. Sucesso de audiência, Só Toca Top já tem uma segunda temporada garantida na grade 2019 da Globo. De acordo com o cantor foram 23 programas nesta temporada e, para ano que vem, a expectoração e de 41.

Leia mais  Únicas peças do acervo indígena do Museu Nacional estão em Brasília

Luan Santana divide a apresentação com a atriz Fernanda Souza, 34, por quem nutre uma admiração. No último sábado (8), Luan Santana revelou que quando criança queria casar com a atriz, que fazia Mili na novela “Chiquititas” (SBT).  “Eu era apaixonado por você. O Titi [Thiaguinho, marido de Fernanda] que me perdoe, mas eu era apaixonado pela Mili. Meu sonho era casar com você”, afirmou o cantor.

LIVE-MÓVEL PROJECT

Com mais de dez anos de carreira, Luan Santana resolveu inovar em seu novo projeto musical, “Live-Móvel Project”, ao gravar seis canções inéditas de forma itinerante e ao vivo.  Saindo de dentro de um caminhão baú com palco pronto, os shows itinerantes aconteceram em três cidades do interior brasileiro e em São Paulo, com direção de Joana Mazzucheli.  A primeira apresentação do cantor foi em Estrela do Indaiá, município com pouco mais de 4.000 habitantes, em Minas Gerais, no dia 11 de junho. A segunda parada aconteceu no dia 18 de junho no sertão de Alagoas. Luan Santana se apresentou para o Povoado Assentamento Olho D’Água do Meio, de apenas cem pessoas, em Piranhas.

Leia mais  Sabrina, a aprendiz de feiticeira, está de volta em nova série da Netflix
Luan Santana resolveu inovar em seu novo projeto musical, “Live-Móvel Project”.Crédito da foto: Divulgação

Para o dueto com o amigo MC Kekel para a música “Vingança”, o cantor fez um show na orla da praia da Ponta Verde, em Maceió, que reuniu milhares de pessoas. A música é uma ode à pegação mesclando o ritmo angolano Kizomba com o vanerão, sertanejo do Rio Grande do Sul.  Sempre quis cantar uma música com essa batida angolana. A canção começa nesse ritmo e termina com um sertanejo batidão”, disse o cantor sobre a canção com Kekel.

“Cada cidade tem sua história. Na praia de Maceió, o caminhão não parou e as pessoas foram seguindo pela orla”, disse o cantor sobre a emoção de gravar no município. Em São Paulo, Luan Santana fez dois shows surpresas no dia 23 de agosto. O primeiro foi com a dupla Jorge e Mateus no parque Ibirapuera, na zona sul da cidade, para a gravação de “Sofazinho”. Além da gravação da canção “Sofazinho” com a dupla, o cantor também fez show para um grupo de dez fãs selecionados de surpresa por sua equipe, e para as pessoas que passavam pela região. À noite, o cantor gravou com Simone e Simaria a música “Machista” em um galpão no Brás, região central da cidade.   (Folhapress/ Sidney Gonçalves do Carmo)

Comentários

Sobre o Autor

Online