Cultura Mais Cruzeiro

Grupo Katharsis estreia nova peça ‘Estação paraíso’

Espetáculo, que irá para festival na Bélgica, fala das aventuras de viagem de dois jovens



Grupo Katharsis estreia nova peça ‘Estação paraíso’
Fabiana Souza e Jonas Martins, que dão vida a dois mochileiros, permanecem o tempo todo em cena. Crédito da foto: Paulo Bertolini / Divulgação

Novo espetáculo do grupo Katharsis, da Universidade de Sorocaba (Uniso), que no mês que vem representará o Brasil em um festival internacional de teatro na Bélgica, a peça “Estação paraíso” poderá ser conferida em primeira mão pelos sorocabanos neste final de semana no campus Trujillo. Com direção de Roberto Gill Camargo e produção do Grupo Katharsis, com apoio da universidade, “Estação paraíso” acompanha a viagem de dois jovens pela Europa, passando por diversos países e situações, desde o envolvimento em manifestações pela independência da Catalunha, até as mais curiosas experiências nos Alpes, nas vinícolas, nos metrôs, nos museus, trabalhando em lanchonete para se sustentar, pedindo carona e dormindo em albergues.

Leia mais  Katharsis-3 estreia peça ‘Des-conectados’ na Uniso

 

A narrativa transcorre de maneira linear, com uma cena conduzindo à outra, num jogo teatral entre dois “mochileiros” — meio punk, meio artistas, meio poetas — interpretados pelos atores Fabiana Souza e Jonas Martins, que permanecem em cena o tempo todo, alternando momentos de alegria, curiosidade, medo, aventura, preocupação. “Sempre considerei ‘viagem’ como o componente mais importante da estrutura narrativa. Viagem no sentido amplo de deslocamento de um ponto ao outro, o que caracteriza a ação. No caso, ‘Estação paraíso’ são duas personagens se deslocando de um lugar ao outro, com coisas que vão acontecendo pelo caminho. Quem não gosta de viajar, de viver novas experiências lá fora? A ideia de jornada pela Europa acredito que veio inspirada pela quantidade de jovens hoje que gostariam de viajar e até morar no exterior, até pela falta de oportunidade por aqui”, comenta o diretor.

Roberto Gill Camargo destaca que a ideia de criar uma jornada dos jovens pela Europa foi construída pelo grupo aos poucos, a partir da seleção de passagens que possibilitavam representá-las utilizando como recursos a palavra e os movimentos, técnica “minimalista”, como ele define, que o grupo vem trabalhando nos últimos anos.

Grupo Katharsis estreia nova peça ‘Estação paraíso’
A peça é falada em várias línguas, como um registro de viajantes tentando se comunicar como podem por onde passam. Crédito da foto: Paulo Bertolini / Divulgação

A direção optou por explorar ao máximo a teatralidade no uso da voz e dos gestos, buscando o sugestionamento através de uma linguagem permeada por diálogo em várias línguas, pantomima, dança e música, com uma iluminação de caráter atmosférico que valoriza a presença dos corpos e das expressões, recorrendo também à narração em off com vozes de aeroporto, sons da cidade, avisos de metrô, noticiário de TV e música. Cabe destacar que a peça é falada em várias línguas, como um registro de viajantes tentando se comunicar como podem nos lugares que passam, misturando italiano com espanhol, inglês e francês.

Internacional

As apresentações de “Estação paraíso” neste final de semana em Sorocaba antecedem a do Festival des Artes de la Scène, que ocorrerá entre 14 e 17 de agosto na província de Namur, na Bélgica. “É uma honra poder mostrar essa dramaturgia lá fora, mostrar que há jovens interessados em descobrir, em buscar conhecimento e não só diversão e turismo. Vamos utilizar legenda em francês para o público de lá, mas o foco de atenção deve ficar mais na encenação propriamente dita do que nas palavras”, destaca o diretor.

Em cena, nesta viagem pelo palco, a dupla descobre o mundo sempre jogando com referências ao cinema, à música, à literatura, ao teatro e às artes plásticas. “Quem assistir à peça vai perceber essas referências, por meio do ‘jogo de adivinhação’ que conduz os diálogos do começo ao fim”, comenta o diretor, fazendo mistério sobre as referências usadas para a construção do espetáculo. (Felipe Shikama)

Serviço

“Estação paraíso”, com o grupo Katharsis
Sábado (13) e domingo (14), 20h
Salão Vermelho da Uniso Trujilo (avenida General Osório, 35)
Ingressos R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), serão vendidos no local uma hora antes do início do espetáculo
Classificação indicativa 12 anos

Comentários

CLASSICRUZEIRO