Cultura

Grupo formaliza criação da Associação de Teatro da Região Metropolitana de Sorocaba

Ao criar a associação, os artistas envolvidos querem, também, dar visibilidade à produção teatral regional
Grupo formaliza criação da Associação de Teatro da Região Metropolitana de Sorocaba
Festão aconteceu em fevereiro e ocupou espaços públicos de Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (9/2/2019)

Com o objetivo de integrar e fomentar o teatro, os artistas e o público da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), foi formalizada nesta semana a criação da Associação de Teatro da RMS — Rede Teatro. De acordo com o ator e diretor teatral Hamilton Sbrana, um dos articuladores da iniciativa, “ao criar esta associação os artistas envolvidos querem, também, dar visibilidade à produção teatral regional”. A formalização aconteceu na última terça-feira, no Senac Sorocaba, instituição apoiadora da iniciativa e que funciona como sede da Rede de Economia Criativa.

Leia mais  Decreto municipal tomba o Paço e o TMTV

 

Segundo Sbrana, os artistas da região envolvidos na proposta da criação desta associação desejam, fundamentalmente, fazer circular as suas montagens, promover um corredor teatral, fomentar a produção e a formação de público regional, bem como dar visibilidade à produção teatral regional. Além disso, a associação terá como compromisso desenvolver estratégias de formação profissional para os artistas da RMS.

O grupo é fruto de uma série de reuniões que tem sido realizadas desde setembro de 2018 e já integrou 11 cidades da RMS e 292 artistas para a realização do primeiro Festival Regional de Teatro — Festão, que aconteceu no mês passado na cidade de Sorocaba. A mostra contou com 24 espetáculos. Além das apresentações gratuitas ao público, o evento teve rodas de conversa e oficinas de formação teatral. O Festão tem como objetivo ser semestral, itinerante e não-competitivo, a fim de dar visibilidade a produções teatrais da região metropolitana.

De acordo com a associação, o modelo proposto pelo festival — sem curadoria única, com duas ações anuais — já tem atraído a atenção de outros festivais. “O Festão é primeiro uma festa cênica para o encontro dos artistas da região e com o público da cidade envolvida, que terá a oportunidade de conhecer o trabalho teatral desenvolvido nas cidades da região”. A segunda edição do festival está programada para ocorrer em Boituva, no segundo semestre deste ano. A meta da associação é de ter ao menos 15 cidades participantes com espetáculos e envolver 300 artistas da RMS. Já a próxima reunião da Associação de Teatro da Região Metropolitana de Sorocaba – Rede Teatro acontecerá em 13 de abril, sábado, às 18h, em Boituva. (Felipe Shikama)

Comentários

CLASSICRUZEIRO