fbpx
Cultura

Grupo dinamarquês Scenatet é atração do Sesc no feriado

Conjunto é conhecido como um dos mais inovadores da música nova na Europa
Grupo dinamarquês Scenatet é atração do Sesc no feriado
Os dinamarqueses transitam por diferentes gêneros artísticos, passando pela música, teatro e artes visuais. Crédito da Foto: Kai-Bienert/Divulgação

O Sesc Sorocaba apresenta na próxima quarta-feira, dia 20, feriado da Consciência Negra, um show com o grupo Scenatet. Conhecidos como um dos conjuntos mais inovadores e experimentais da Europa, os dinamarqueses transitam por diferentes gêneros artísticos, passando pela música, teatro, artes visuais entre outros. A apresentação acontece no teatro, às 19h.

Leia mais  Coletivo Cê completa uma década de arte com atividades no Sesc Sorocaba

 

Fundado pela artista Anna Berit Asp Christensen em 2008, o Scenatet tem grande visibilidade na cena internacional, já tendo se apresentado em salas de renome em Copenhague, Istambul, Berlim, Xangai, Nova York, entre outros.

Também realiza concertos em ambientes inesperados como parques, bibliotecas, quintais e casas particulares, estabelecendo um forte vínculo com seu público, através de espetáculos originais e exclusivos.

O conjunto trabalha em um campo entre a música contemporânea e a arte conceitual, geralmente com uma abordagem surpreendentemente não instrumental e corporal para explorar a relação entre a música, arte e pessoas.

“Para o Scenatet, é essencial fugir dos formatos tradicionais e sérios de concertos, e, no lugar, deixar a música entrelaçar com o público de jeitos novos e imediatos, e emergir em um contexto informal e contemporâneo, com espaço para visões modernas de encontros sociais e artísticos”, diz definição no site do coletivo.

“Me Quitte”, programa previsto para apresentação no Sesc Sorocaba, é uma obra inovadora do compositor Niels Rønsholdt baseada na canção “Ne me quitte pas”, do compositor e cantor belga Jaques Brel, e imortalizada na voz celebre da artista francesa Édith Piaf.

Nesta turnê, o grupo dinamarquês fará uma participação no Festival Música Estranha na capital paulista, e sua participação e circulação ocorrem com o apoio do Instituto Cultural da Dinamarca (ICD).

Os ingressos, disponíveis até o fechamento desta edição, custam R$ 9 (credenciados no Sesc e dependentes), R$ 15 (meia-entrada) e R$ 30 (inteira). A classificação etária é 14 anos. O Sesc Sorocaba fica na rua Barão de Piratininga, 555, no Jardim Faculdade. (Da Redação)

Comentários