Cultura

Francis Hime e Elida Almeida são destaque na programação do Sesc

Na área das artes cênicas, o destaque é a Cia. Tubarão, que trabalha com teatro naturalista
Francis Hime, Cordel de Fogo e Elida Almeida são destaque na programação do Sesc
Hime apresentará algumas de suas mais famosas canções e seu processo de criação – Foto: Divulgação

A banda pernambucana Cordel do Fogo Encantado, a cantora cabo-verdiana Elida Almeida e o pianista e compositor carioca Francis Hime são os destaques da programação musical de setembro do Sesc Sorocaba, que está disponível em www.sescsp.org.br.

Considerada uma das bandas mais importantes a surgir em Pernambuco depois da geração do manguebeat dos anos 1990, a Cordel do Fogo Encantado apresentará no dia 14, às 20h, no ginásio da unidade, um show baseado em seu novo trabalho intitulado “Viagem ao coração do sol”.

Leia mais  Lona da biblioteca recebe o palhaço Alê Malhone
Francis Hime, Cordel de Fogo e Elida Almeida são destaque na programação do Sesc
A cantora cabo-verdiana Elida Almeida – Foto: N’krumah Lawson Daku / Divulgação

No dia 26, a atração será a cantora Elida Almeida, de Cabo Verde. O show faz parte da turnê de divulgação de seu segundo álbum, intitulado “Kebrada”. No disco, homônimo à aldeia onde a artista passou sua infância, Elida Almeida reafirma sua identidade africana, temperando com energia latina seus ritmos cabo-verdianos.

Francis Hime apresentará algumas de suas mais famosas canções e o processo de criação por trás delas no dia 27. A atração faz parte do projeto “Encontros Musicais”. No formato de palestra-show, Francis dialoga com a plateia ao apresentar cada uma de suas composições, tendo como referência seu livro “Trocando em miúdos as minhas canções”. Já o projeto “Som na área”, com apresentações gratuitas nas tardes de domingo — sempre às 17h — na área de convivência da unidade, apresenta um cardápio variado de ritmos que vão do swing, blues, rockabilly e soul. A abertura, no próximo dia 9, será com a banda Blucash, que possui em referência do rockabilly, blues e country. No dia 16 será a vez da banda de black music The Soul Session, que apresentará músicas autorais e releituras de clássicos do gênero em formato acústico. Fechando a programação dia 23, a Bloody Mery e os Dry Martinis tocará releituras de vertentes do blues e jazz.

Naturalista

Na área das artes cênicas, o destaque é a Cia. Tubarão, que trabalha com teatro naturalista desde sua origem, na década de 1980. Fundada pelo diretor e dramaturgo sorocabano Benão Oliveira, a companhia é convidada do mês para o projeto Coletivações, que abre espaço para grupos da região apresentarem espetáculos, conduzir roda de conversa e coordenar oficina sobre seus métodos e processos de criação.

Leia mais  Projeto CineCafé exibe o longa ‘Eu não sou bruxa’

A oficina sequencial “Possibilidades para o teatro naturalista hoje” é gratuita e será conduzida por Benão e os atores Patricia Nolasco e Moisés Ameno a partir de hoje até o dia 28, sempre às terças e sextas, às 19h. Ainda há vagas e as inscrições devem ser feitas antecipadamente na Central de Atendimento da unidade.

Nos dias 29 e 30, o grupo encena o espetáculo “Quantas vezes você disse eu te amo na semana que passou?”. Ainda no dia 30, às 15h, a companhia conduz a roda de conversa “O fomento ao teatro nos anos 80 e nos dias atuais”, com Rodolfo Amorim, ator do grupo XIX de Teatro, Nanaia de Simas, atriz, diretora e professora de teatro e Bene Oliveira, diretor da Cia Tubarão.

Comentários

CLASSICRUZEIRO