Cultura Mais Cruzeiro

Filmes de animação fazem história e se transformam em clássicos cult

Animação é uma das linguagens mais antigas e versáteis do cinema
Filmes de animação fazem história e se transformam em clássicos cult
“A viagem de Chihiro”, dos estúdios Ghibli, reúne aventuras e perigos enfrentados pela personagem. Crédito da foto: Divulgação

Uma das linguagens mais antigas e versáteis do cinema, a animação produziu, nas últimas décadas, diversos filmes que alcançaram o status de cult. São muitos os títulos que se enquadram nesse perfil. Confira alguns deles:

Leia mais  ‘Turma da Mônica’ estreia nos cinemas nesta quinta-feira (27)

 

“Planeta fantástico” (“Planeta selvagem”), de 1973 – Marco da animação europeia e mundial, “Planeta fantástico”, de René Laloux, é um longa de ficção científica. Baseada no livro Oms en série, do escritor francês Stefan Wul, o filme se passa no planeta Yagam, onde uma espécie de humanoides (Oms) é escrava de uma raça de gigantes (Draggs). Liderados por Terr, os Oms decidem acabar com a exploração.

“O cristal encantado, de 1982 – Criado e dirigido por Jim Henson (Muppets) e Frank Oz (Star Wars), “O cristal encantado” retrata Thra, uma terra ocupada por duas espécies: os cruéis Skeksis e os gentis Gelfings. O filme acompanha Jen e Kira, dois jovens gelfings que precisam cumprir uma profecia.

“Ghost in the shell”, de 1995 – Considerado uma das principais inspirações da trilogia Matrix, “Ghost in the shell” (“O fantasma do futuro”) é uma animação que mescla os gêneros de ação e ficção científica. No longa, dirigido por Mamoru Oshii e escrito por Kazunori Itô e Masamune Shirow, um grupo secreto chamado Esquadrão Shell caça o Mestre das Marionetes, um hacker capaz de controlar a vontade de outras pessoas.

“A viagem de Chihiro”, de 2001 – O filme assinado por Hayao Miyazaki, dos estúdios Ghibli, acompanha Chihiro, uma menina mimada de 10 anos que precisa se mudar de cidade com os seus pais. A família se perde no caminho e acaba parando em um mundo fantasma e perigoso.

“Persépolis”, de 2008 – Baseado no livro homônimo de Marjane Satrapi, Persépolis é uma história autobiográfica. Na história, uma menina iraniana de nove anos vê sua vida mudar drasticamente quando os fundamentalistas tomam o poder durante a Revolução Islâmica.

“Coraline”, de 2009 – Escrito por Neil Gaiman e dirigido por Henry Selick, o filme acompanha Coraline, uma menina que passa a maior parte do tempo entediada em sua nova casa. Eventualmente, ela encontra uma porta secreta que dá acesso a uma versão diferente e melhor da sua vida, mas o novo mundo é bastante perigoso.

Filmes de animação fazem história e se transformam em clássicos cult
“Mary e Max” retrata uma amizade inusitada entre uma menina de 8 anos e um homem de 44. Crédito da foto: Divulgação

“Mary e Max”, de 2010 – O filme de Adam Eliott mostra uma amizade terna e inusitada entre Mary Daisy Dinkle, uma menina australiana de 8 anos, e Max Jerry Horovitz, um homem de 44 anos que vive em Nova York.

Comentários

CLASSICRUZEIRO