fbpx
Cultura

Filme de Pernambuco vence mostra nacional do CineFest

Filme de Pernambuco vence mostra nacional do CineFest
O Melhor Curta da Mostra Nacional, “O balido interno”, ainda levou o prêmio de Melhor Roteiro Original. Crédito da foto: Divulgação

“O balido interno”, do diretor Eder Deó, de Caruaru (PE) foi eleito o Melhor Curta da Mostra Nacional pelos jurados da 11ª edição do CineFest. Já o Melhor Curta da Mostra Regional foi “Novas velhas histórias”, com direção de Guilherme Martelli e André Fidalgo, de Votorantim. Ambas as premiações receberam troféu e mais R$ 3 mil. A cerimônia — que distribuiu troféus e dinheiro para mais categorias — ocorreu ontem à noite, no Auditório Municipal Francisco Beranger.

Este ano o festival contou com 64 curtas, divididos nas seguintes categorias: Mostra Pindorama (nacional), Mostra Cachoeira (regional), Mostra Raízes (ambiental), Mostra Musical (vídeo clipes), todas em caráter competitivo, além das outras mostras paralelas que foram: Mostra Paralela (curtas-metragens nos bairros), Mostra Inclusiva (exibição audiovisual com áudio e vídeo descrição direcionada ao público com deficiência auditiva e visual) e Mostra Um Minuto (exibição de vinhetas criadas por alunos da rede pública de ensino).

Leia mais  Choro das 3 apresenta tributo a Nelson Gonçalves em Sorocaba

Durante uma semana o público pode conferir os mais diversos gêneros, que também proporcionou muitos debates, oficinas, shows, espaço gastronômico com lanches temáticos de cinema e o fórum “Como monetizar seu curta”.

Filme de Pernambuco vence mostra nacional do CineFest
“Novas velhas histórias” foi premiado como Melhor Curta da Mostra Regional e também garantiu Melhor Direção para Guilherme Martelli e André Fidalgo, de Votorantim. Crédito da foto: Divulgação

O evento foi realizado pela Totem Cultural e Governo do Estado de São Paulo, por meio do ProAC ICMS, com patrocínio do Instituto Votorantim e Votorantim Energia, e contou com o apoio institucional do Sesc Sorocaba e da Prefeitura de Votorantim. (Da Redação)

Confira a lista completa dos vencedores

Mostra Pindorama (nacional)
Melhor Curta: “O balido interno, direção de Eder Deó (Caruaru PE) – Troféu + R$ 3 mil
Melhor Ator: Tonico Pereira pelo filme “O vestido de Myriam” (Rio de Janeiro RJ)
Melhor Atriz: Mariah Morello pelo filme “Besta fera” (Arapiraca AL)
Melhor Trilha Sonora Original: Banda Quiçaça e Nando Magalhães pelo filme “Besta fera” (Arapiraca AL)
Melhor Montagem: Rafael Jardim pelo filme “Conexões” (Rio de Janeiro RJ)
Melhor Fotografia: Marcelo Martins Santiago pelo filme “O vestido de Myriam” (Rio de Janeiro RJ)
Melhor Roteiro Original: Eder Deó pelo filme “O balido interno” (Caruaru PE)
Melhor Diretor: Diego Freitas pelo filme “A volta para casa” (São Paulo SP)

Mostra Cachoeira (regional)
Melhor Curta: “Novas velhas histórias”, direção de Guilherme Martelli e André Fidalgo (Votorantim SP) – Troféu + R$ 3 mil
Melhor Ator: André Sewaybriker pelo filme “Existo” (Sorocaba SP)
Melhor Atriz: Iracema Cavalcante pelo filme “Tina e o Saci” (Sorocaba SP)
Melhor Trilha Sonora Original: Felipe Sant’Anna pelo filme “Letargia urbana” (Itu SP)
Melhor Montagem: Rogério Emilio pelo filme “Letargia urbana” (Itu SP)
Melhor Fotografia: Rogério Emilio pelo filme “Letargia urbana” (Itu SP)
Melhor Roteiro Original: Bruno César e Larissa Gomes pelo filme “Existo” (Sorocaba SP)
Melhor Diretor: Guilherme Martelli e André Fidalgo pelo filme “Novas velhas histórias” (Votorantim SP)

Leia mais  Mostra na Fama, em Itu, aborda processo de criação artística

Mostra Raízes (ambiental)
Melhor Curta: “Quando a Chuva Vem?”, direção de Jefferson Batista (Carpina – PE)
Troféu + R$ 3 mil

Mostra Musical (clipes)
Melhor Curta: “Morte e vida uterina”, direção de Daniel Bruson (Sorocaba SP)
Troféu + R$ 3 mil

Melhor Curta Júri Popular
Novas Velhas Histórias – Direção de Guilherme Martelli e André Fidalgo(Votorantim – SP)
Troféu + R$ 3 mil

Comentários