fbpx
Cultura

Filme ‘A fera na selva’ chega aos cinemas de Sorocaba

Paulo Betti, que dirige e atua no longa ao lado de Eliane Giardini, promete participar de todas as sessões
Filme ‘A fera na selva’ chega ao cinema de Sorocaba
Filmagens aconteceram em famosos endereços de Sorocaba e com a participação de artistas locais. Crédito da foto: Divulgação

O filme “A fera na selva”, dirigido e protagonizado pelos sorocabanos Paulo Betti e Eliane Giardini, estreia nesta quinta-feira (17) em circuito comercial em Sorocaba. O longa, inteiramente rodado em locações da região, ficará em cartaz pelo menos até a próxima quarta-feira na sala 8 do Cineplay, do Sorocaba Shopping, com sessões às 17h, 19h e 21h.

“Vou estar em todas as sessões”, promete Betti, ao Mais Cruzeiro. “Venha assistir ao filme e tirar uma foto comigo”, complementa o ator.

Leia mais  Sequência de ‘Malévola’ também é novidade da semana nos cinemas

 

História de amor incompreendida

Baseado livremente na obra do escritor americano Henry James, “A fera na selva” conta uma história de amor incompreendida. O filme acompanha João (Paulo), um sujeito obcecado por algo extraordinário que, ele tem certeza, acontecerá em sua vida.

Em um encontro fortuito, o segredo é revelado a Maria (Eliane), que se oferece para acompanhar este homem intrigante na longa vigília que o impede de viver o presente. A história já havia sido contada com sucesso por Paulo e Eliane no teatro, em 1993, com direção de Luiz Arthur Nunes. “Teatro e cinema são linguagens distintas, sem dúvida. A origem é a novela, a literatura. O teatro é o lugar da palavra enquanto o cinema é o lugar da imagem”, pontua Betti.

Locações

O longa foi filmado em 2015 e teve como locações endereços históricos como a Real Fábrica de Ferro São João do Ipanema, o prédio dos Correios da rua São Bento, a Estação Ferroviária e o antigo Teatro São Rafael, atual Fundec. “A fera na selva” já foi selecionado para o 45º Festival de Cinema de Gramado, 42ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e o 33º San Francisco Latin Film Festival, entre outros.

Paulo Betti tem quase 40 filmes no currículo e mais de 40 peças, além de dezenas de produções televisivas. Entre tantos trabalhos, o artista assinala que “A fera na selva” ocupa lugar especial em seu coração, já foi um projeto tocado em família.

Além de contracenarem nos papéis principais, Paulo e a ex-mulher, Eliane Giardini, dividem o roteiro e a direção enquanto a filha dos dois, Juliana Betti, foi a encarregada da produção de elenco. “Tornou-se o mais pessoal dos meus projetos. Nele, procurei me aproximar de todos aqueles que amo. Não só das pessoas, mas dos lugares inclusive, das minhas referências. Meus irmãos mais velhos também aparecem no filme, além de Sorocaba, minha paixão”, comenta. (Felipe Shikama)

Leia mais  'A fera na selva' em Sorocaba
Comentários

CLASSICRUZEIRO