fbpx
Cultura

‘Exterminador do futuro’ e ‘A família Addams’ estreiam nos cinemas

Estrelado por Lília Cabral, comédia nacional “Maria do Caritó” também chega às telonas de Sorocaba
‘Exterminador é destaque entre as estreias da semana nas telonas
Arnold Schwarzenegger retorna à série “O exterminador do futuro”, que começou há 35 anos. Crédito da foto: Divulgação

A sequência de “O exterminador do futuro” encabeça a lista de filmes que estreiam nesta quinta-feira (31) nas salas de cinema de Sorocaba. Ela é completada pela animação “A família Addams”, a comédia nacional “Maria do Caritó”, o drama argelino “Papicha” e o suspense norte-americano “Segredos oficiais”.

Ele sempre promete que vai voltar — e cumpre. Arnold Schwarzenegger retorna à série “O exterminador do futuro”, que começou 35 anos atrás, agora com “O exterminador do futuro: destino sombrio”, dirigido por Tim Miller (“Deadpool”). Mas, agora, o astro, que participou de quatro dos cinco longas anteriores, vem em companhia luxuosa, com James Cameron, o criador da saga, como um dos autores do argumento, e Linda Hamilton, a Sarah Connor.

Os dois não participavam ativamente da franquia desde “O exterminador do futuro 2: O julgamento final (1991)”. “Foi bom ter a gangue junta de novo”, diz Schwarzenegger.

Em “O exterminador do futuro: destino sombrio”, Sarah Connor aparece do nada para ajudar Grace (Mackenzie Davis), uma humana que recebeu implantes para melhorar sua visão, velocidade e força, a proteger a jovem mexicana Dani Ramos (a colombiana Natalia Reyes), que está sendo perseguida pelo novo Exterminador do futuro (Gabriel Luna), capaz de se liquefazer e se dividir em dois.

Leia mais  Casa pega fogo em Sorocaba enquanto moradora cozinhava

Natalia Reyes nem tinha nascido quando “O exterminador do futuro” foi lançado, em 1984, mas ela assistiu aos dois primeiros filmes quando era criança e disse ter se apaixonado pelo universo — e por Sarah Connor. “Ver aquela mulher forte fazendo aquelas flexões de braço foi inspirador. Queria ser como ela”, conta a atriz.

Já Mackenzie Davis nunca tinha visto os dois longas até seis meses antes dos testes para Destino Sombrio. No longa, o trio feminino vai topar com o T-800 de Arnold Schwarzenegger em algum momento — e ele está levando uma vida mais pacata.

A idade também chegou para o Exterminador. “Estabelecemos lá atrás que seu esqueleto não envelhece, mas seu exterior é humano. Ele sua, tem mau hálito, e seu cabelo fica grisalho”, diz o ator. Mas claro que a relação de T-800, que agora atende pelo nome de Carl, com Sarah Connor não vai ser das mais fáceis.

Animação

‘Exterminador é destaque entre as estreias da semana nas telonas
Clássico dos quadrinhos, a “A família Addams”está de volta em animação. Crédito da foto: Divulgação

Baseado na história dos clássicos quadrinhos criados na década de 1930 pelo cartunista Charles Addams, “A família Addams”, que também já fez enorme sucesso na TV, ganha uma nova versão nos cinemas sem perder de vista as maluquices e estranhezas da história original.

Leia mais  Maria Beraldo sobe ao palco do Sesc Sorocaba na próxima quinta-feira

De acordo com o diretor Conrad Vernon conta que o filme mostra um “monte de gente bem doida, excêntrica, esquisita e assustadora”. O desenho animado acompanha a família quando eles enfrentam o astuto apresentador de reality show, enquanto também se preparam para chegar a uma grande festa.

Estrelado pela atriz Lília Cabral, a comédia nacional “Maria do Caritó” também chega nesta quinta (31) às telonas de Sorocaba. O filme, uma adaptação da peça homônima de Newton Moreno, conta a história de uma solteirona que vive fazendo promessa ao santo para arranjar marido e poder sair da cidade onde o pai, mancomunado com um político corrupto e com o padre, a mantém distante dos homens.

Com direção de João Paulo Jabur, o filme, segundo a atriz, se inscreve numa tradição circense, nordestina, de obras como “Auto da Compadecida” e “Lisbela e o prisioneiro”. “Possuem uma riqueza muito grande, evocam nossas mais caras tradições”. E a Maria, acrescenta ela, é perfeita nessa fase de afirmação das mulheres. “Depois de muitas peripécias, Maria vai descobrir que não precisa de santo nem marido para ser se libertar. O que ela precisa é de coragem, e confiança”, revela.

‘Exterminador é destaque entre as estreias da semana nas telonas
Lília Cabral estrela a comédia “Maria do Caritó”, dirigida por João Paulo Jabur. Crédito da foto: Divulgação

Arte e suspense

Já o Caixa de Pandora desta semana, projeto do Cinépolis dedicado ao cinema de arte, exibe o drama “Papicha”, da argelina Mounia Meddour. O longa, que concorre com “A vida invisível”, do pernambucano Karim Aïnouz, a uma vaga no Oscar de melhor filme internacional, acompanha a história de uma mulher contra o fundamentalismo religioso.

Leia mais  ‘Hileia’ apresenta olhar de Saggese sobre a Amazônia

Ambientado em Argel dos anos 1990, o filme acompanha Nedjma, uma garota que produz vestidos que vende em banheiros de baladas. Ela estuda, tem um grupo de colegas, mas tudo muda quando a islamização alastra-se pelo país e a moda, mais que supérflua, passa a ser considerada ofensiva ao status da mulher na sociedade religiosa. Nedjma resolve desafiar as radicais promovendo um desfile na escola, mas se torna alvo de perseguição.

A lista de novidades é completada pelo suspense holywoodiano “Segredos oficiais”, de Gavin Hood. Após passar anos trabalhando como tradutora de mandarim para inglês, Katharine Gun tornou-se mundialmente famosa ao expor segredos confidenciais da Agência de Segurança Nacional. Depois de obter acesso a memorandos secretos, ela foi capaz de provar que ocorreu uma grande pressão a seis países para que eles votassem a favor da invasão do Iraque, em 2003. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários