Cultura

Espetáculo une dança e teatro de bonecos em Sorocaba

A peça “Peh Quo Deux”, da Cia. PeQuod Teatro de Animação, acontece nesta sexta-feira (17) e sábado (18)
Peça “Peh Quo Deux”, da Cia. PeQuod, é atração amanhã e sábado no Sesi. Crédito da foto: Roberto Crivano / Divulgação

O Sesi Sorocaba apresenta sexta-feira (17) e sábado (18), às 20h, a peça “Peh Quo Deux”, da Cia. PeQuod Teatro de Animação. A entrada é gratuita e os ingressos podem ser reservados pelo sistema Meu Sesi.

“Peh quo deux”, um trocadilho que aproxima o nome da companhia ao termo “pas de deux” — utilizado para os duetos comumente vistos na dança clássica — divide com o público as relações poéticas expressivas entre o corpo inanimado do boneco e o corpo do ator-manipulador e bailarino, com uma linguagem não verbal que atinge diversos públicos. A peça é inspirada nos temas de “Seis Propostas para o Próximo Milênio”, do escritor Ítalo Calvino, que aborda a multiplicidade, a visibilidade, a exatidão, a leveza e a rapidez. Para criar “pas de deux” para os bonecos, Miguel Vellinho reuniu cinco artistas importantes da dança contemporânea: Bruno Cezário, Cristina Moura, Márcia Rubin, Paula Nestorov e Regina Miranda.

Leia mais  Biblioteca Infantil Municipal tem história e dobradura nesta quarta (4)

Depois de mais de uma década na manipulação direta de bonecos, a companhia experimentou novas abordagens de desenvolvimento desta técnica, da qual se tornou referência. O espetáculo de dança foi considerado um dos dez melhores do ano de 2014, segundo o jornal O Globo, e representou o Brasil no importante Festival Internacional de Charleville-Mézière, na França, em 2015.
A apresentação acontece no teatro do Sesi, que fica na rua Gustavo Teixeira s/n, esquina com a rua Duque de Caxias, no bairro Mangal. A classificação etária do espetáculo é 12 anos.

Cine Clube

Nesta quinta-feira (16), às 19h30, o Cine Clube do Sesi apresenta o filme brasileiro “João, o maestro”, que registra a vida do maestro João Carlos Martins — que, ainda criança, foi considerado um prodígio do piano. Aos poucos, sua fama ganhou os noticiários e levou o músico à Europa e a outros países da América do Sul. Estabelecido como pianista de sucesso, na fase adulta, sofreu um acidente que prejudica o movimento da mão direita. João tenta se restabelecer e, enquanto isso, apresenta-se em concertos para uma mão só. No entanto, um segundo acidente retira os movimentos da mão esquerda, o que faz com que ele, mais uma vez, tenha que se reinventar. O filme tem direção de Mauro Lima e traz, no elenco, Alexandre Nero, Rodrigo Pandolfo e Alinne Moraes.

Leia mais  ‘A invenção do nordeste’ é atração no Sesc

A sessão é gratuita e a classificação do filme é 12 anos. A exibição acontece no teatro do Sesi, que fica na rua Gustavo Teixeira s/n, esquina com a rua Duque de Caxias, no bairro Mangal.

Comentários

CLASSICRUZEIRO