fbpx
Cultura

Escola Mario Persico apresenta nova peça teatral em Sorocaba

A obra retoma passagens da biografia do poeta Castro Alves
Escola Mario Persico apresenta nova peça teatral em Sorocaba
A peça foi publicada em 1947, ano em que se comemorava o centenário de nascimento de Castro Alves. Crédito da foto: Divulgação

A Cia. Clássica de Repertório estreia neste domingo (8), às 20h, uma nova montagem. Com direção de Mario Persico, “O amor do soldado”, única obra teatral de Jorge Amado, reúne vários atores vindos da montagem de “Vereda da salvação”, que cumpriu longa temporada no Teatro Escola Mario Persico.

O texto foi escrito em 1944, atendendo a um pedido da atriz e diretora Bibi Ferreira, que pretendia encená-lo. A companhia de Bibi, no entanto, logo se desfez, e a peça não chegou a ser levada ao palco.
Originalmente intitulada “O amor de Castro Alves”, a obra retoma, em linguagem dramatúrgica, passagens da biografia do poeta, “ABC de Castro Alves”, realizada por Jorge Amado poucos anos antes. Elaborado durante a Segunda Guerra Mundial, o texto compara a importância de Castro Alves à dos pracinhas brasileiros que combatiam na Europa. Diz o autor em uma de suas intervenções no texto: “Em honra aos soldados expedicionários brasileiros, trazemos à cena a vida do poeta libertário e libertador”.
A peça foi publicada em 1947, ano em que se comemorava o centenário de nascimento de Castro Alves, ainda com o título antigo. A partir de 1958 passou a se chamar “O amor do soldado”.
Participam da montagem os atores Matheus Caruso, Valéria Nastri, Jefferson Pereira, Pedro Sales, Davi Gemelgo, Rafael Alexandre, Emily Azous, Sérgio Bacetti, Michele Sonsin e Mario Persico, que também assina o espetáculo.
A peça foi encenada sábado (7) numa sessão especial, para convidados, e neste domingo será apresentada ao público às 20h. O ingresso custa R$ 20 ou R$ 10 (meia-entrada). O Teatro Escola Mario Persico fica na rua da Penha, 823, no Centro. (Da Redação)
Leia mais  Antiga fábrica têxtil em Itu recebe trabalhos de Bispo do Rosário
Comentários

CLASSICRUZEIRO