Cultura Mais Cruzeiro

Documentário ‘A lição do silêncio’ terá exibição gratuita nesta quarta (26)

A sessão é gratuita e os ingressos serão distribuídos uma hora antes na Central de Atendimento do Sesc Sorocaba
O jornalista sorocabano Celso Fontão Jr. Crédito da Foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (24/7/2018)

O documentário “A lição do silêncio”, dirigido pelo jornalista sorocabano Celso Fontão Jr. será exibido hoje, às 19h, no teatro do Sesc Sorocaba, seguido de bate-papo com a professora de yoga Léa Mello, o professor Aldo Vannucchi e o empresário Luiz Nitche. A sessão é gratuita e os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência na Central de Atendimento da unidade (rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade). A sessão especial faz parte da programação do Encontro de Práticas Corporais.

Leia mais  CineCafé exibe o filme brasileiro 'Ferrugem' no Sesc Sorocaba

 

Produzido com apoio institucional da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA) e da Universidade de Sorocaba (Uniso) e lançado em 2017, o documentário resgata a trajetória do professor ucraniano Bohdan Wijtenko, que veio para o Brasil em 1951, morou em Sorocaba de 1960 a 1985. Ele foi professor da Faculdade de Filosofia e se dedicou ao ensino da prática da meditação com o objetivo de formar o que ele chamava de “técnicos” para que levassem a meditação às escolas.

Com produção da CMaria Comunicação, o filme reúne entrevistas em Sorocaba, Votorantim, São Paulo, Rio de Janeiro e Mykolaiv, na Ucrânia, com amigos e pesquisadores como o professor Aldo Vannucchi, o produtor cultural João Caramez, o artista plástico Pedro Lopes, o médico José Carlos de Campos Sobrinho e a doutora em Ciências da Religião, Irani Cordeiro Wullstein, autora de uma tese sobre o professor Bohdan.

O bate-papo terá presença da carioca Léa Mello,de 87 anos de idade, considerada uma das mais renomadas professoras de yoga do Brasil e autora de diversos livros sobre assunto. Além dela, participam do evento o professor e escritor sorocabano, mestre em Filosofia, Aldo Vannucchi; e o empresário Luiz Nitche, discípulo do professor Bohdan e que trabalha para formar pessoas para levar a meditação às escolas. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO