Agenda

Agenda

Teatro Escola Mario Persico – Duas peças serão apresentadas hoje no Teatro Escola Mario Persico. Às 19h, sobe ao palco o espetáculo “Casa poiesis”, com texto de Claudio de Albuquerque. O objetivo principal é “difundir o poder da palavra enquanto matéria de sensibilidade e conduta”, aponta o material de divulgação encaminhado à imprensa. A entrada custa R$ 30 e R$ 15. Depois, às 20h, será a vez de “Luiza”, montagem do Núcleo Híbrido de Pesquisa Cênica de Jundiaí. Luiza grava uma série de pequenos vídeos para seu marido, nos quais relata os motivos que a fizeram tomar a decisão de acabar seu casamento. Sem coragem de encará-lo frente a frente, utiliza esse recurso para dizer tudo que reverbera em seu coração. A encenação parte do teatro físico e da dança-teatro de Pina Bausch como linhas de pesquisa para sua construção. A entrada custa R$ 30 e R$ 15. Há uma promoção: para quem assistir às duas apresentações, a entrada sai por R$ 20.

Leia mais  Agenda

Festa Junina de Sorocaba – Péricles e Samba Livre se apresentam hoje no palco principal da 39ª Festa Junina Beneficente de Sorocaba, que acontece no Parque das Águas. Os ingressos para as apresentações custam a partir de R$ 10 e podem ser adquiridos através do site aloingressos.com.br, pontos de venda espalhados pela cidade e na bilheteria da festa. Os shows estão previstos para começarem às 21h30. A tradicional festa segue até o dia 22 de julho. Para este ano, 33 entidades assistenciais serão responsáveis pelas barracas de comidas e bebidas típicas, além do estacionamento oficial.

Nelson Rodrigues – Hoje, das 9h às 12h, a Biblioteca Infantil sediará a palestra “Leituras antropológicas dos folhetins de Nelson Rodrigues”, com a professora Fina Tranquilin, que é doutora em Antropologia, pós-doutora em Comunicação e Práticas de Consumidor e professora da Uniso. A entrada é gratuita e aberta aos interessados. O evento integra a programação do projeto Mataram Suzana Flag – Ciclo de debates sobre Nelson Rodrigues, que foi aprovado pelo Edital de Formação Cultural 2017, da Secretaria de Cultura e Turismo. O principal objetivo da iniciativa é formar multiplicadores que desenvolvam mediações de leituras dos folhetins de Nelson Rodrigues, com alunos do ensino médio e universitários. O ciclo de debates propõe o estudo dos romances-folhetins, um viés menos conhecido do “Anjo Pornográfico”. Os textos folhetinescos de Nelson Rodrigues — na pele dos pseudônimos Suzana Flag e Myrna– foram publicados em jornais como “O Jornal”, “Crítica” e “O Cruzeiro”, entre 1940 e 1960, e tinham forte apelo com as camadas populares da época. A Biblioteca Infantil fica na rua da Penha, 673.

Comentários