fbpx
Ortopedia

Corrida e caminhada são essenciais para a saúde do sistema ósseo

Ortopedista fala sobre como praticar os exercícios da maneira mais adequada e evitar problemas
O alongamento e o aquecimento evitam lesões e fraturas. Crédito da foto: PxHere

A corrida e a caminhada são essenciais para a manutenção da saúde do sistema ósseo. A afirmação é do ortopedista especializado em joelho e trauma do esporte, doutor Eduardo Luis Cruells Vieira, e do ortopedista especialista em cirurgia do joelho e quadril, doutor Túlio Pereira Cardoso.

Vieira destaca que essas atividades beneficiam as articulações principalmente por conta do impacto que exercem sobre os ossos. Segundo ele, os exercícios aumentam o trofismo muscular. Ou seja, favorecem a nutrição e o desenvolvimento saudável dos músculos. Nesse sentido, Cardoso afirma que a corrida, especificamente, melhora a massa muscular. Com isso, o praticante dessas atividades físicas perde peso, já que elimina gordura e obtém músculos.

Leia mais  Corrida é aliada do coração e previne doenças

Conforme Vieira, caminhar e correr é positivo para pessoas de todas as faixas etárias. No caso dos idosos, especialmente, o hábito diminui até mesmo a incidência de osteoporose (doença que ocasiona a fragilidade e até fraturas ósseas). “A prática da corrida faz com que haja maior deposição da massa óssea. Então, diminui o risco de fratura a longo prazo”, explica. Cardoso, no entanto, faz uma ressalva: para realizar as atividades, o adepto, indecentemente da idade, deve possuir bom estado nutricional.

Vieira alerta que, para não ocorrer efeito reverso, essas atividades físicas devem ser realizadas com alguns cuidados. O primeiro deles é não iniciar os exercícios de maneira abrupta e com alta intensidade. Por isso, os adeptos devem começar de maneira moderada, de preferência pela caminhada. “A prática da caminhada deve ser feita de uma maneira a provocar o aumento da frequência cardíaca o suficiente para estimular o metabolismo”, esclarece. Com o passar do tempo, é possível aumentar gradativamente a força, o impacto e a duração das práticas. Além disso, é preciso correr e caminhar regularmente, e não apenas esporadicamente. A frequência é necessária p ara que o corpo se habitue e sinta os efeitos positivos das atividades.

Vieira afirma não haver contraindicação para os exercícios. Segundo ele, até mesmo pessoas com problemas ósseos, como artrose do quadril e do joelho, podem fazer corrida e caminhada. Porém, enfatiza, nesses casos, é importante que a pessoa respeite os seus limites, para que as atividades não aumentem as dores.

Os especialistas alertam que, para não ocorrer efeito reverso, essas atividades físicas devem ser realizadas com alguns cuidados. O primeiro deles é se consultar com cardiologista e ortopedista antes do início dos exercícios. Além disso, a corrida e a caminhada não devem ser iniciadas de maneira abrupta e com alta intensidade. Por isso, os adeptos devem começar de forma moderada, de preferência pela caminhada. “A prática da caminhada deve ser feita de uma maneira a provocar o aumento da frequência cardíaca o suficiente para estimular o metabolismo”, esclarece Vieira. Com o passar do tempo, é possível aumentar gradativamente a força, o impacto e a duração das práticas. Além disso, é preciso correr e caminhada regularmente, e não apenas esporadicamente. A frequência é necessária para que o corpo se habitue e sinta os efeitos positivos das atividades.

Atrelado a isso, a cadência das atividades (número de passos por minuto) deve ser respeitada. Segundo Cardoso, para evitar problemas, os passos não devem ser muito longos e intensos.

Para praticar os exercícios, é importante escolher o calçado adequado. Crédito da foto: Ednilson Jodar Lopes

Outra medida é realizar a preparação antes dos exercícios. O alongamento e o aquecimento evitam lesões e fraturas. Segundo Vieira, os movimentos realizados antes das atividades devem trabalhar todos os grupos musculares. O alongamento, esclarece Cardoso, consiste em estender os músculos ao extremo de seus comprimentos. Segundo ele, o praticante de exercícios deve (se) alongar antes, para preparar o músculo para o exercício, e deve (se) alongar depois, para o relaxamento dele”. Já no aquecimento, que não é necessário para atividades de curta duração, há o preparo do sistema cardiovascular, explica. Nesses casos, a pessoa realiza um breve exercício antes da atividade principal.

A escolha do calçado também merece atenção. Os médicos afirmam que o tênis deve ser o mais confortável possível e absorver adequadamente os impactos causados pelos exercícios. Ou seja, o sapato deve possuir bons amortecedores. Conforme Vieira, usar um bom tênis é um fator importante, mas não o principal na redução dos impactos causados pelos exercícios.

Dr. Túlio Pereira Cardoso, ortopedista. Crédito da Foto: Ednilson Jodar Lopes

Por isso, a definição do solo deve ser levada em consideração. Pistas planas e sem muitos obstáculos, como raízes de árvores, por exemplo, são as mais indicadas para os exercícios. Entre as melhores opções, destaca Cardoso, também estão os locais próprios para corridas, de preferência aqueles em que o solo é formado por grama.

Nesse sentido, o acompanhamento de um profissional de Educação Física é importante para que todos esses requisitos sejam seguidos e aplicados. Isso porque, esclarece Vieira, o especialista orienta sobre as técnicas adequadas das atividades e pode desenvolver, juntamente com a corrida e a caminhada, exercícios funcionais.

Doutor Eduardo Luis Cruells Vieira: corrida e caminhada fortalecem o sistema ósseo. Crédito da foto: Ednilson Jodar Lopes

Caso não sejam seguidas essas indicações, as chances de lesões aumentam. Conforme Vieira, existem dois tipos de lesões: as traumáticas e as ocasionadas por sobrecarga. A segunda é a mais recorrente entre aqueles que praticam corrida e caminhada. Engloba, principalmente, problemas nas articulações, como tendinite patelar, tendinite no tendão de aquiles, síndrome da banda tibial, estiramentos musculares, entre outros.

Em casos mais raros, podem ocorrer fraturas por estresse, principalmente na tíbia, no fêmur, nos pés ou em outras articulações. Nessas situações, a pessoa também pode sentir fortes dores. “Esse tipo de lesão ocorre, principalmente, no início da corrida, quando o aparelho ósseo articular não esta preparado para o impacto dos exercícios”, explica. “A sensação de dor no fim do exercício é mau sinal”, completa Cardoso.

Corrida e Caminhada Cruzeiro do Sul

Será disputada no próximo domingo (30), a partir das 8h, a 12ª Corrida e Caminhada Cruzeiro do Sul. O evento terá caminhada de 3 quilômetros, além de corrida com percursos de 5,4 e 10,4 quilômetros.

A largada será feita de dentro do jornal Cruzeiro do Sul. Os participantes da caminhada farão o percurso na avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, entre os retornos próximos ao Fórum Cível e à biblioteca municipal.

Quem for correr sairá pela Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, acessará as avenidas Rudolf Dafferner e Professor Joaquim Silva e retornará para o jornal Cruzeiro do Sul. Os participantes da corrida de 10,4 quilômetros farão esse percurso duas vezes.

Na chegada, os participantes terão a oportunidade de passar por dentro do prédio onde está instalada a máquina utilizada para imprimir o jornal Cruzeiro do Sul, seja caminhando ou correndo.

Retirada de kits

A retirada dos kits da 12ª Corrida e Caminhada Cruzeiro do Sul acontecerá exclusivamente no Shopping Cidade Sorocaba, no piso L2. A distribuição será feita nos dias 28, das 14h às 22h, e 29, das 12h às 22h.

Para retirar o kit é indispensável a apresentação do comprovante de inscrição pago e documento de identificação original com foto. No dia da corrida, esse processo será feito exclusivamente para corredores que não residem em Sorocaba (mediante conferência do endereço do cadastro que consta na inscrição), comprovante de inscrição pago e documento de identificação original com foto.

A 12ª Corrida e Caminhada Cruzeiro do Sul é patrocinada pelo Tauste – Faz toda a diferença, Shopping Cidade Sorocaba e Unip (Universidade Paulista). O evento tem o apoio da Record TV Paulista, Prefeitura de Sorocaba, Urbes, Opt Óculos, Unimed Sorocaba, Água Mineral Natural Klarina, Pipocas Clac, Bufo & Silva Corretora de Seguros, do Projeto Eu, Sorocaba Esportes, Mundo Verde, MaxxiOvos Fit. A organização é da Associação de Atletismo Santi Pegoretti (Aasp).

Comentários