Cuide-se Sorocaba e Região

Cuidados paliativos objetivam proporcionar qualidade de vida

Cuidados paliativos objetivam proporcionar qualidade de vida
Marília, Jonas, Gabriel e Vitor produziram o documentário. Crédito da foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa – ESAMC

As pessoas vivem em uma cultura na qual ainda existe restrição em abordar e pensar sobre a finitude da vida humana, pois a morte é vista como algo temido e incompreensível. Mas, como alguém que foi diagnosticado com doença incurável e está em fase terminal realmente enxerga a vida diante dessa situação de adoecimento? Apesar da proximidade da morte ser pouco discutida, os chamados cuidados paliativos existem para proporcionar qualidade de vida, conforto e amparo para o paciente e sua família que se encontram nesse momento delicado.

E foi pensando em dar voz aos pacientes, familiares e especialistas da área que os alunos do curso de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Faculdade Esamc Sorocaba, Jonas Almeida, Gabriel Camargo, Marília Moraes e Vitor Alves, produziram o documentário “Antes do Sol se Pôr – Um documentário sobre a Finitude da Vida e os Cuidados Paliativos”, como resultado do projeto de graduação. O trabalho acadêmico, que contou com a orientação dos professores Rodrigo Gabrioti e Quelen Torres, será exibido ao público interessado e à banca examinadora amanhã (12), às 19h15, no auditório da instituição. A entrada é gratuita.

Leia mais  Aglomerações no Carnaval elevam risco de disseminação de sarampo

De acordo com a pesquisas dos alunos, os cuidados paliativos consistem na assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, terapeutas, assistentes sociais e assistentes espirituais, que atua em um hospital, clínica ou, até mesmo, na casa do paciente, seguindo a premissa de levar bem-estar e acolhimento, mas jamais submeter a pessoa a exames dolorosos, na fase final da vida, com a intenção de postergar sua morte. “Nosso objetivo foi contar histórias e mostrar a percepção das pessoas que convivem com uma doença que não tem cura. Além dos pacientes, há o lado de quem está capacitado para cuidar, sendo os profissionais e especialistas em cuidados paliativos que, diariamente, atendem pacientes desde o diagnóstico da doença até a fase terminal”, explica Jonas.

O documentário, com duração de 25 minutos, exibe várias entrevistas com pacientes que estão sob cuidados paliativos e com conhecidos profissionais da área, sendo a psicóloga Maria Isis Martins; o paliativista e fundador do movimento inFinito.co, Tom Almeida, além do médico e presidente da Academia Nacional de Cuidados Paliativos, André Filipe Junqueira.

Leia mais  Dicas para cuidar dos pés nos dias de folia

Jonas ainda destaca que as histórias dos entrevistados que se encontram no período de tratamento são uma pequena amostra das milhares de outras que ainda estão sendo documentadas, mas que elas foram capazes, em um curto período de tempo, de ensinar e apresentar uma nova perspectiva da vida. “Nesse processo, descobrimos que não se trata de morrer, mas, sim, de como viver e ter o máximo de qualidade de vida possível no tempo que resta. O documentário promove uma reflexão e conscientização sobre o assunto em um nível pessoal, social e político”, afirma.

Para participar da exibição do documentário “Antes do Sol se Pôr Um documentário sobre a Finitude da Vida e os Cuidados Paliativos”, basta confirmar presença pelo e-mail: doc.antesdosolsepor@outlook.com. A unidade Centro da Esamc Sorocaba fica na rua da Penha, 1.181. (Da Redação)

Comentários