Exterior

Trump pede a consumidores americanos que mantenham calma

Segundo o presidente, não é necessário comprar demais
Trump diz que impeachment é uma fraude contra o povo americano
Crédito da foto: Andrew Caballero-Reynolds / AFP (4/10/2019)

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, pediu aos consumidores que mantenham a calma e evitem fazer compras por pânico.

Em entrevista nesse domingo (15), ele disse que sua administração vai empregar “todo o poder do governo federal para derrotar o coronavírus” e “fazer o que for necessário.”

Trump informou que vai realizar uma teleconferência com os executivos de 30 grandes supermercados e outros varejistas americanos. Disse que eles trabalham 24 horas do dia para manter as prateleiras de seus estabelecimentos cheias. “Nós estamos fazendo o melhor”, disse.

Segundo Trump, não é necessário comprar demais. “Tenham calma e relaxem”. O presidente garantiu à população que “não existe escassez.”

A equipe da Casa Branca mediu a temperatura de repórteres antes que eles entrassem na sala de imprensa.

Leia mais  Mercosul fará reunião de cúpula virtual

Os funcionários disseram que não permitiriam que pessoas entrassem no local se tivessem febre de 37,5 graus ou mais, e que qualquer pessoa que tivesse sintomas seria barrada.

Aglomerações

Autoridades sanitárias dos EUA recomendaram o cancelamento ou adiamento de eventos com 50 pessoas ou mais, durante as próximas oito semanas, para evitar a disseminação do coronavírus.

Nesse domingo, os centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) atualizaram suas diretrizes para medidas contra o vírus.

Eventos sujeitos às diretrizes incluem os esportivos, shows, festivais, as passeatas, os casamentos e outros tipos de reuniões, independentemente de serem organizados por instituições ou individualmente.

O CDC informou que a recomendação não se aplica às operações cotidianas de organizações como escolas ou empresas. Acrescentou que a recomendação tem o objetivo de reduzir a entrada do vírus em novas comunidades, e de diminuir a velocidade da disseminação da infecção.

Americanos já começaram a evitar eventos em massa. Os candidatos à nomeação do Partido Democrata na disputa presidencial cancelaram os eventos de campanha na semana passada e fizeram debates sem plateia.

Leia mais  Bienal de São Paulo é adiada para 2021 por causa do coronavírus

Os governadores de Illinois e Ohio determinaram o fechamento de bares e restaurantes.

*Emissora pública de televisão do Japão

Comentários