Exterior

Papa Francisco suspende as audiências gerais de julho

AFP

O papa Francisco suspendeu as audiências gerais das quartas-feiras durante o mês de julho, bem como as missas matinais privadas em Santa Marta, anunciou o Vaticano nesta terça-feira (3). Como nos anos anteriores, o pontífice retomará as audiências em 1º de agosto no auditório Paulo VI do Vaticano devido ao calor do verão.

As missas que o pontífice celebra pela manhã na capela da residência de Santa Marta para pequenos grupos também serão suspensas em julho e retomadas em setembro. Como é seu costume, o papa argentino ficará em Roma durante todo o verão.

Seus antecessores costumavam passar uma temporada de férias na residência papal de Castel Gandolfo, a cerca de quinze quilômetros de Roma. Desde sua nomeação como líder da Igreja Católica em março de 2013, o argentino Jorge Mario Bergoglio, de 81 anos, nunca tirou férias de verdade e não fez nenhuma estadia em Castel Gandolfo.

Em 6 de julho, o papa pretende receber no Vaticano os participantes do encontro internacional dedicado à encíclica “Laudato Si”, dedicado à defesa dos pobres e do meio ambiente. No dia seguinte, 7 de julho, Francisco viajará para a cidade de Bari, no sul da Itália, para uma reunião com líderes de várias igrejas cristãs a fim de orar pela paz no Oriente Médio.

Comentários