Exterior

Pacotes suspeitos são enviados à Casa Branca e à sede da CNN

Os objetos foram identificados como potenciais dispositivos explosivos
Polícia em Nova York em frente à sede da Time Warner Center. Crédito da foto: Spencer Platt / Getty Images / AFP

Pacotes suspeitos foram enviados a uma série de endereços nos Estados Unidos, inclusive para a Casa Branca, informa a imprensa local, atribuindo a informação a autoridades do país. O pacote para a sede do Executivo americano foi interceptado em uma base em Washington, D.C., segundo a rede CNN, que atribui a informação a um agente do setor de segurança.

Também houve envio de pacotes suspeitos para o complexo de edificações conhecido como Time Warner, onde fica a emissora CNN, e para residências dos ex-presidentes Barack Obama e Bill Clinton, este marido da ex-secretária de Estado Hillary Clinton. Nesta semana, um dispositivo explosivo já havia sido enviado na segunda-feira (22) para o investidor George Soros.

Pacotes foram enviados para Barack Obama e Hillary Clinton. Crédito da foto: Jim Watson/ AFP

Não está claro, porém, se haveria alguma relação entre os episódios. Segundo o jornal The New York Times, a correspondência suspeita para Soros teria sido entregue em mãos

Leia mais  Pandemia: Inglaterra ameniza lockdown, mas premiê Johnson pede cautela

Em comunicado, a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, condenou as violentas tentativas de ataques” contra Obama, Hillary e outras figuras públicas. Segundo a nota, o serviço secreto dos EUA investiga os episódios. (Estadão Conteúdo)

Comentários