Exterior

Milhares protestam em Londres contra Trump

Milhares de pessoas se reuniram em Londres nesta sexta-feira para protestar contra a visita do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

“Este é o carnaval da resistência” e “Minha mãe não gosta de você, e ela gosta de todo mundo!”, eram alguns dos cartazes carregados pelos manifestantes que avançavam pela Oxford Street com destino a Trafalgar Square.

“Não ao Trump, não à Ku Kux Klan, não aos EUA fascista!”, gritavam, batendo panelas ou tocando trombetas.

Também eram numerosos os balões laranjas com o lema “Stop Trump”, assim como slogans feministas.

“Donald Trump é misógino, machista, homofóbico, xenófobo, promove a intolerância… e tem pequenas mãos!”, disse uma manifestante, Georgina Rose, de 42 anos, usando uma piada comum sobre o presidente e empresário.

Grant White, de 32 anos, usava uma faixa representando Trump como o pássaro do logotipo do Twitter, com uma suástica sob a asa.

“Sou antiBrexit, antiTrump. Há uma onda de fascismo da qual temos que nos libertar”, disse.

Leia mais  Navio segue encalhado no Canal de Suez

Dawn, 49, veio com sua filha de 11 anos, Sadie.

“Trump é o homem com o maior ego do mundo e está à frente da maior potência mundial. Ele não tem ideia do que o mundo precisa”, explicou a mãe.

A imagem do dia era, no entanto, o grande balão representando Trump como um bebê de fraldas voando no céu perto do Parlamento por algumas horas, com a aprovação do prefeito Sadiq Khan.

A parte oficial da visita de Trump ao Reino Unido, a sua primeira como presidente, termina nesta sexta-feira com um encontro para o chá com a rainha Elizabeth II, antes de viajar para a Escócia para passar o fim de semana em particular.

Comentários