Exterior

Indonésia recupera caixa-preta de avião que caiu com 189 a bordo

Autoridades ainda não sabem se é a caixa que registra os parâmetros de voo ou os sons dentro da cabine
Caixa-preta avião Indonésia
Para recuperar as caixas-pretas as autoridades mobilizaram quase mil pessoas – Foto: Pradita Utama/detikcom/AFP

Mergulhadores recuperaram uma das caixas-pretas do avião da companhia indonésia Lion Air que caiu no mar na segunda-feira (29) com 189 pessoas a bordo, anunciou nesta quinta-feira (1º) o Comitê Nacional de Segurança dos Transportes. “Encontramos uma das caixas-pretas. Não sabemos se é a FDR (que registra os parâmetros de voo) ou a CVR (que registra os sons dentro da cabine”, afirmou o diretor do Comitê, Soerjanto Tjahjono.

Leia mais  Turquia afirma que Khashoggi foi estrangulado e desmembrado

 

O exército indonésio anunciou que acreditava ter localizado a fuselagem do avião graças a sonares. Para recuperar as caixas-pretas, que podem ser cruciais para determinar a causa do acidente, as autoridades mobilizaram quase mil pessoas, incluindo dezenas de mergulhadores, além de helicópteros e barcos. O Boeing 737 MAX 8 da companhia de baixo custo Lion Air, que estava em serviço há poucos meses meses, desapareceu na segunda-feira no mar de Java. Poucos minutos antes, os pilotos haviam solicitado ao controle de tráfego aéreo permissão para retornar a Jacarta, cidade de origem do voo.

A aeronave seguia para Pangkal Pingang, localidade de trânsito para os turistas que visitam as praias da ilha vizinha de Belitung. As autoridades descartaram a possibilidade de encontrar sobreviventes da tragédia. A companhia, que já registrou diversos acidentes, o mais grave até então com 26 mortos em 2004, admitiu na segunda-feira que o avião teve um problema técnico em um voo anterior e havia passado por reparos.

Comentários