fbpx
Exterior

Assange diz que se entrega se Londres não extraditá-lo aos Estados Unidos

Fundador do WikiLeaks está asilado na Embaixada do Equador em Londres desde 2012
Assange está asilado na Embaixada do Equador em Londres há seis anos. Crédito da foto: AFP / BEN STANSALL

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, asilado na Embaixada do Equador em Londres desde 2012, estaria disposto a se entregar à justiça do Reino Unido se receber a garantia de que não será extraditado para os EUA, informou na sexta-feira, 26, um de seus advogados.

O procurador-geral do Equador, Íñigo Salvador, afirmou que, em agosto, o Reino Unido havia garantido que ele não seria extraditado se deixasse a embaixada.

Segundo ele, Londres não recebeu pedido de extradição e disse que o período que Assange passaria em uma prisão britânica por violar os termos da condicional, após se refugiar na embaixada, não excederia seis meses. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. (Estadão Conteúdo)

Comentários