Esporte São Bento

Só a vitória pode salvar o São Bento

Vencer o Red Bull, nesta sexta-feira (14), é obrigatório para o São Bento manter viva a luta contra o rebaixamento
Só a vitória pode salvar o Bentão
Com Henal lesionado, Renan reassume o gol beneditino hoje à noite, em Campinas. Crédito da foto: Erick Pinheiro

A sobrevivência do São Bento no Campeonato Paulista depende muito do resultado que a equipe vai conquistar na noite desta sexta-feira (15), diante do Red Bull Brasil, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. A bola rola a partir das 18h45 e, embora o empate possa manter a equipe viva (desde que São Caetano, que joga hoje contra a Ferroviária; e Botafogo, que pega o Mirassol no domingo, percam suas partidas), somente a vitória pode dar um verdadeiro fôlego para a última rodada, visando à fuga do rebaixamento para a Série A2 de 2020.

Leia mais  Régis aceita tratamento contra drogas e álcool e permanece no São Bento

 

Mas a missão é das mais complicadas, já que o adversário da vez tem a segunda melhor campanha do estadual e vai em busca da vitória para garantir a classificação ao mata-mata nesta rodada.

Não bastasse o peso de segurar a lanterna da competição — sem conseguir uma vitória sequer em 10 jogos — e vir de uma atuação apática diante da Ponte Preta, o técnico Silas terá quatro desfalques nesta noite: com dores na coxa esquerda, o goleiro Henal não inicia a partida e ficará no banco para a entrada de Renan. Além disso, com o terceiro cartão amarelo, o zagueiro Luizão, o meia Alex Maranhão e o atacante Paulo Henrique também não serão opções.

Por outro lado, o zagueiro Ewerton Páscoa voltou a treinar normalmente após sentir uma lesão há duas rodadas e poderá ser escalado. Uma das certezas é a entrada de Cafu, que marcou diante da Ponte, na vaga de Paulo Henrique.

Para evitar a ameaça de um rebaixamento antecipado, o São Bento precisa vencer hoje, já que caso a equipe empate e o São Caetano (que entra em campo horas depois) vença, o Azulão sorocabano não poderá mais ultrapassar dois adversários. O mesmo acontece se o Botafogo somar um ponto diante do Mirassol no domingo. A vitória, por sua vez, deixa as três equipes da parte de baixo empatadas com sete pontos num primeiro momento — e levará a decisão para a rodada final, mesmo em caso de vitórias dos rivais.

Sem perder desde a segunda rodada do Paulistão, o Red Bull Brasil vem de vitória sobre o Oeste e briga diretamente com o Santos pela ponta do Grupo A — e, mais do que isso, para terminar a primeira fase com a melhor campanha. Apesar disso, matematicamente a equipe ainda não está classificada e, por isso, deve buscar a vitória hoje contra o Bentão, o que lhe garantiria a vaga.

Sem desfalques, o técnico Antônio Carlos Zago deve mandar a campo a mesma equipe que bateu o Oeste na semana passada. (César Santana)

Acompanhe

A rádio Cruzeiro FM 92,3 transmite a partida entre Red Bull Brasil e São Bento ao vivo a partir das 18h (entre as 19h e as 20h somente pela internet e aplicativo) com narração de Nilson Duarte, comentários de Gustavo Gebaile, reportagens de Caio Rossini, apresentação de Rodrigo Gasparini e plantão de Juarez Morato.

A jornada pode ser ouvida também pelo Facebook da rádio (facebook.com/cruzeirofm). O portal do jornal Cruzeiro do Sul também transmite em tempo real os lances da partida. Acompanhe pelo www.jornalcruzeiro.com.br.

Red Bull Brasil x São Bento

Red Bull Brasil – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Romário; Barreto, Uillian Correia e Ytalo; Claudinho, Osman e Roberson. Técnico: Antônio Carlos Zago

São Bento – Renan; Edson Ratinho, Ewerton Páscoa, Wesley e Mansur; Fábio Bahia, João Paulo (Pablo), Joãozinho, Cafu e Eder Luis; Alecsandro. Técnico: Silas

Árbitro – José Claudio Rocha Filho

Local – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Horário – 18h45

Comentários

CLASSICRUZEIRO