São Bento

Zagueiro salvador

Zagueiro salvador
Zagueiro marcou, de cabeça, em partida que os atacantes ficaram abaixo do esperado pelo técnico Edson Vieira. Crédito da foto: Fábio Rogério (7/11/2020)

A vitória do último sábado (7), sobre o Londrina, foi a segunda do São Bento na Série C do Campeonato Brasileiro. Os três pontos encurtaram a distância para sair da zona do rebaixamento no Grupo B, deixando o Azulão a três do Volta Redonda (RJ), oitavo colocado, com 15 pontos.

Buscando alternativas para manter os sorocabanos na luta contra o descenso à Série D, o técnico Edson Vieira promoveu uma mudança no ataque beneditino. Os centroavantes Bambam e Magrão iniciaram a partida diante do Londrina como titulares. Mas a estratégia de ter dois “camisas 9” durou apenas um tempo. No intervalo, Bambam foi substituído. A escolha não agradou ao treinador do Bentão.

“O Bambam e o Magrão, não dá para jogar com os dois. Só durou o primeiro tempo. Não vou voltar a jogar, a não ser que eu necessite. Mas não inicio mais com eles”, afirmou Edson.

Leia mais  São Bento faz parceria com o lutador sorocabano Maldonado

Sem os atacantes funcionando, o gol da vitória saiu da cabeça do zagueiro Dogão. “A gente vem trabalhando bastante essa bola. Conversei com o Léo (Aquino) para ver se ele conseguia procurar aquele espaço, porque eu ia atacar a bola. Então, o Magrão puxou a marcação e graças a Deus fui feliz em concluir em gol”, comemorou à rádio Cruzeiro FM 92,3.

Contratado para a reta final da Série C, Dogão já vestiu a camisa do Bentão. Em 2015 e 2016, o defensor participou da Copa Paulista (2015), do Paulistão (2016) e da campanha que garantiu o acesso à Série C (2016). “Como eu semprei falei, tenho um carinho muito grande pelo clube. Sempre fui muito respeitado. Então, estou muito feliz de poder estar ajudando e, se Deus quiser, a gente vai sair dessa (zona do rebaixamento)”, pontuou o zagueiro.

Leia mais  Boas expectativas

Restam quatro jogos para o São Bento se livrar do rebaixamento. Porém, a cabeça do treinador Edson Vieira só tem um adversário no momento: o Tombense. No sábado (14), no Estádio Walter Ribeiro (CIC), os sorocabanos precisam de mais três pontos. “Não quero nem pensar nos outros (adversários). Vamos pegar o Tombense agora. Nós temos que ganhar do próximo. Foi passado uma meta para eles, de pontuação, mas vamos em busca de mais pontos”.

Ontem (9), no fechamento da 14ª rodada, Brusque e Boa Esporte empataram por 2 a 2 em Santa Catarina. (Zeca Cardoso)

Comentários