São Bento

Vitória sobre o Atibaia revela um São Bento diferente

Com novas peças, técnico Edson Vieira muda a maneira de o Azulão jogar
Vitória sobre o Atibaia revela um São Bento diferente
Contra o Atibaia, o treinador viu seu time marcar mais, ter melhor posse de bola e trocar passes. Crédito da foto: Fábio Rogério (19/8/2020)

A vitória do São Bento contra o Atibaia por 2 a 1, na quarta-feira (19), pela 13ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, colocou o time na zona de classificação ao mata-mata. Desse modo, a equipe encerrou a sequência de duas derrotas na volta do futebol pós-paralisação.

Dessa forma, o jogo também mostrou o início de uma transição na maneira de jogar da equipe.

Com a saída de seis jogadores do elenco, por exemplo, reforços chegaram — mas com características diferentes não só dentro de campo.

“Tínhamos uma liderança muito grande do Flávio Boaventura, que era o único jogador que falava. Nós temos um problema muito grande de comunicação”, explicou o comandante beneditino Edson Vieira.

Titulares absolutos

Dentre os atletas que deixaram o grupo, três deles eram titulares absolutos: o zagueiro Flávio Boaventura, o lateral-direito Marcos Martins e o atacante Diego Tavares.

Todos ocupavam o setor direito do campo.

“Nós perdemos o lado direito todo. E éramos muito fortes na parte defensiva e ofensiva por esse lado, mas não é fácil você trabalhar 24 dias e acertar tudo isso”, observou.

Dessa forma, a equipe do Bentão passa por uma transição clara na maneira de jogar.

“A característica desse time antes (da parada) era esperar no meio e sair no contra-ataque, era letal. Agora, a gente está vendo que esse time pode marcar um pouquinho mais na frente”, pontuou Vieira.

Leia mais  Parte do forro de teto de leito desaba na Santa Casa

Mudanças de jogo

No último confronto do Azulão, a mudança na maneira de jogar foi notada em alguns momentos.

A marcação na saída de bola do adversário era alta, mas, por pouco tempo de treinamento, foi desordenada entre os atacantes e o restante do time.

Contudo, os jogadores tentaram também ter uma melhor posse de bola.

Com a entrada do meia Igor, que tem a característica de um bom passador, por exemplo, os sorocabanos trocaram mais passes e não trabalharam tanto com o jogo direto.

Dessa forma, com um grupo menos tenso por ter conquistado a primeira vitória na retomada do futebol, o São Bento volta a atenção à Série C do Campeonato Brasileiro.

Criciúma na fila

Na segunda-feira (24) encara o Criciúma, fora de casa.

Os catarinenses aparecem na terceira posição do Grupo B, com 4 pontos — uma vitória e um empate.

Leia mais  Azulão fecha ano de altos e baixos

Já o time de Sorocaba é o lanterna da chave.

Em dois jogos, foram duas derrotas para São José (RS) e Brusque (SC).

Nesta quinta-feira (20), a diretoria anunciou a contratação do lateral-esquerdo Denner, que também atua como meia.

O jogador, de 26 anos, já teve passagem pelo Azulão em 2017 e iniciou sua carreira nas categorias de base do Corinthians.

Ele estava no Juventus Jaraguá.

Protestos contra a diretoria

Na partida contra o Atibaia, dois membros de uma uniformizada do São Bento invadiram o Estádio Walter Ribeiro (CIC) e colocaram uma faixa pedindo a saída do presidente do clube, Márcio Rogério Dias, em uma das arquibancadas.

Ao final do jogo, cerca de seis torcedores continuaram com os protestos contra a diretoria beneditina.

Em um dos portões de entrada do CIC, penduraram faixas contra o vice-presidente Almir Laurindo e uma com os dizeres “acabou a paz”.

A direção do clube iniciou o ano sob pressão, por conta dos dois rebaixamentos na última temporada.

Além disso, em outubro, o clube irá eleger uma nova diretoria executiva.

Márcio Rogério já declarou que não participará do pleito.

“Compreendo o torcedor, que vive de paixão, temos que respeitar muito. Mas para a gente ir acertando o time não é fácil. O São Bento passa por uma transição muito grande, em todos os sentidos. É muito díficil, da noite para o dia, armar uma equipe”, disse Edson Vieira.

Leia mais  São Bento guarda Coutinho para o final

São Caetano sobe para terceiro na A2

O duelo entre equipes do ABC, nesta quinta-feira (20), no fechamento da 13ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2, foi repleto de gols e de emoções.

Em jogo disputado no estádio Anacleto Campanella, o São Caetano venceu o São Bernardo por 4 a 3 e, dessa forma, subiu para a terceira posição, com 21 pontos, o que manteve o São Bernardo na vice-liderança, com 22.

O primeiro colocado é o Taubaté, com 24, enquanto o São Bento caiu para sexto, com 21 pontos.

Por enquanto, somente o Taubaté está classificado à próxima fase, o que deixa as duas últimas rodadas mais importantes.

Completam a zona de classificação, São Bernardo, São Caetano, Juventus, Portuguesa, São Bento, Portuguesa Santista e XV de Piracicaba.

Na zona de rebaixamento, aparecem Red Bull Brasil e Votuporanguense, ambos com 10 pontos. (Zeca Cardoso e Estadão Conteúdo)

Comentários