São Bento

Serginho lamenta vacilos do Azulão na Série C

Serginho lamenta vacilos do Azulão na Série C
O experiente volante beneditino entende que o time precisa ter calma e manter o controle do jogo. Crédito da foto: Fábio Rogério (26/9/2020)

A situação do São Bento na Série C do Campeonato Brasileiro é extremamente delicada. Com 13 pontos em 15 jogos, os sorocabanos ocupam a lanterna do Grupo B e estão três pontos atrás do São José (RS), o primeiro time fora da zona do rebaixamento.

O empate diante do Tombense (MG) dentro de casa, na última rodada, complicou a vida do Bentão ainda mais. Se tivesse vencido, a equipe de Edson Vieira estaria apenas um ponto atrás dos gaúchos. A vitória esteve perto, já que o time vencia por 2 a 1 no primeiro tempo, mas sofreu o empate na segunda etapa.

“No segundo tempo foi um time que não é o São Bento. Não conseguimos jogar, não conseguimos ficar com a bola e foi onde eles conseguiram aproveitar dos nossos erros para empatar”, analisou o volante Serginho.

E o experiente meio-campista beneditino, que renovou contrato para a disputa do Campeonato Paulista da Série A1 na próxima temporada, já compreendeu os erros cometidos. O grupo precisa aprender a ter mais o controle do jogo e ser menos vertical. “Perdemos o nosso jogo, que é ficar mais com a bola. Às vezes temos ansiedade de querer aumentar o ritmo para fazer o gol logo. No decorrer da partida, nós temos que ter mais calma, segurar o jogo, porque não vamos conseguir ficar com a bola sempre”, falou.

Restando apenas três jogos para o fim da terceira divisão nacional, o São Bento enfrenta o Volta Redonda (RJ), no domingo (22), às 15h, fora de casa. A vitória é primordial para os sorocabanos. Na primeira fase, as equipes ficaram no empate em 1 a 1. “No próximo jogo, vamos em busca dos três pontos. Respeitamos a equipe adversária, mas nós temos qualidade para chegar lá e buscar uma vitória. Temos três jogos para sairmos dessa situação e nós vamos sair”, afirmou o volante.

Leia mais  São Bento tem mais um jogo de vida ou morte

Departamento médico

O técnico Edson Vieira poderá contar com um reforço no meio de campo no confronto decisivo do final de semana. O meia Denner está recuperado de lesão muscular e já treina no gramado com os demais companheiros. Porém, dois jogadores ainda estão sob os cuidados do departamento médico beneditino. Os atacantes Ruan, com um edema no músculo anterior da coxa direita, e Jair, em tratamento de um entorse no tornozelo direito, são dúvida para o duelo contra os cariocas.

Hoje (18), amanhã (19) e sexta-feira (20), o comandante beneditino comanda três treinamentos técnicos no Estádio Walter Ribeiro (CIC), no período da tarde. Na manhã de sábado (21), o grupo já viaja para o Rio de Janeiro. (Zeca Cardoso)

Comentários