fbpx
São Bento

São Bento perde gols e fica no empate diante da Ponte Preta pela Série B

O resultado deixou o São Bento fora da zona de rebaixamento da competição
Campeonato Brasileiro da Série B
Caio Rangel, do São Bento, tenta o drible em Diego Renan no Estádio Municipal Walter Ribeiro. Crédito da foto: Fábio Rogério (3/8/2019)

O São Bento atacou, pressionou, perdeu gols incríveis, mas ficou no empate contra a Ponte Preta. A boa notícia é que o resultado tirou a equipe sorocabana da zona de rebaixamento da Série B.

O empate em 0 a 0 colocou o São Bento na 16ª posição, com 16 pontos. Já a Ponte chegou aos 20 pontos, em nono lugar do Brasileiro da Série B. A partida, disputada no Estádio Municipal Walter Ribeiro, recebeu 3.156 pessoas – apesar do frio em Sorocaba.

O jogo

O começo do jogo quase foi trágico para o São Bento. A equipe, por pouco, sofreu um gol da Ponte Preta logo no segundo minuto da partida.

Em uma cobrança de falta de Diego Renan, a bola foi em direção à cabeça de Renan Fonseca. Ele fez o desvio na entrada da área e o goleiro Gabriel Félix fez uma grande defesa com a mão direita.

Curiosamente, duas rodadas atrás, o São Bento sofreu um gol logo no primeiro minuto de jogo. O adversário foi o Guarani, outra equipe de Campinas.

A resposta do São Bento só veio aos 14’, mas de forma intensa. Paulinho Boia recebeu um passe, driblou o zagueiro da Ponte e chutou cruzado. A bola passou rente à trave.

Quase!

No minuto seguinte, o torcedor viu o lance mais incrível da partida. Vinicius Kiss cobrou escanteio pela esquerda e a bola atravessou a pequena área. Rafael Silva, quase dentro do gol e sem marcação, mandou a bola para fora.

Campeonato Brasileiro da Série B
Roger, da Ponte Preta, cabeceia a bola marcado pela zaga do São Bento. Crédito da foto: Fábio Rogério (3/8/2019)

Depois da rápida pressão do São Bento, a partida deu uma esfriada. A torcida visitante só voltou a dar uma aquecida aos 39’ quando Roger recebeu um passe dentro da área. Sem marcação, ele girou o corpo e mandou a bola por cima do gol de Gabriel Félix.

No intervalo, Doriva resolveu mexer no São Bento. Colocou Rodolfo no lugar de Paulinho, criticado por dar pouco ritmo ao meio-campo da equipe.

Leia mais  São Paulo anuncia contratação do lateral espanhol Juanfran até 2020

 

As duas equipes voltaram com posturas ofensivas. Mesmo assim, os chutes ao gol foram raros.

Assim como no primeiro tempo, o São Bento voltou a perder um gol incrível na etapa final. Aos 17’, Rodolfo cobrou escanteio e Guilherme Mattis cabeceou na pequena área. A bola passou rente à trave direita do gol da Ponte.

Os treinadores dois dois times mexeram em suas respectivas equipes, mas nada adiantou. No final, a falta de pontaria definiu o placar da partida.

Próxima rodada

Na próxima rodada, o São Bento vai enfrentar o Cuiabá. A partida será realizada no próximo sábado (10), às 19h, na Arena Pantanal.

Já a Ponte Preta terá pela frente o clássico campineiro diante do Guarani. O jogo será disputado no dia 11, às 11h, no Moisés Lucarelli.

São Bento x Ponte Preta

São Bento – Gabriel Félix; Marcos Martins, Wesley, Guilherme Mattis e Mansur; Fabio Bahia, Vinicius Kiss e Paulinho (Rodolfo); Caio Rangel (Minho), Paulinho Boia e Rafael Silva (Zé Roberto). Técnico: Doriva
Ponte Preta – Ivan; Diego Renan, Reginaldo, Renan Fonseca e Guedes (Bill); Edson, Washington, Camilo (Alex Maranhão) e Marquinhos; Tiago Real e Roger (Tiago Marques). Técnico: Jorginho
Árbitro – Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos – Marcos Martins (São Bento); Guedes, Alex Maranhão e Camilo (Ponte Preta)
Local – Estádio Municipal Walter Ribeiro, em Sorocaba
Público – 3.156 pessoas
Renda – R$ 33.670

Comentários