São Bento

São Bento empata em Florianópolis e segue sem vencer na Série B

O time sorocabano volta a campo na quinta-feira (9), quando enfrenta o Botafogo no CIC
O time sorocabano estava na frente até os 40 minutos do 2º tempo, quando o Figueirense empatou – Foto: Neto Bonvino/Bento TV

O São Bento esteve muito próximo de conquistar a primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro 2019, mas, por um detalhe, ficou no empate por 2 a 2 com o Figueirense, na manhã de ontem, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. A poucos minutos do fim do jogo, uma falha do goleiro Henal foi determinante para o empate, quando a equipe sorocabana estava à frente do placar.

O resultado deixa o time do técnico Doriva em 15º lugar, com um ponto somado, enquanto os comandados de Hemerson Maria ocupam a 11º posição, com dois pontos.

O Azulão fez um primeiro tempo como há muito não se via. Com as mudanças do técnico Doriva na escalação, o meio de campo apresentou mais dinamismo. Paulinho conseguiu flutuar entre o setor e a linha defensiva dos catarinenses e consequentemente achava espaço para criar jogadas e finalizar. Nos 10 primeiros minutos, por exemplo, o São Bento chutou três bolas perigosas de longa distância, duas delas com o próprio camisa 8. Depois, o jogo esfriou.

Até que, aos 37’, Zé Roberto recebeu enfiada de bola, chegou a driblar o goleiro Denis e se desequilibrou na hora da batida. Mas, aos 44’, o centroavante marcou, após Minho sofrer pênalti “bobo” na lateral da grande área. O Figueirense quase empatou na sequência: no último lance da etapa inicial, Jean Martim cabeceou e Henal fez “defesaça” à queima roupa.

Apesar do bom primeiro tempo, o time beneditino “cochilou” no início do período complementar: logo aos 4’, Henal fez mais uma grande defesa cara a cara, mas a bola tocou na trave e, no rebote, a bola sobrou para Tony marcar de cabeça, em lance dividido com Régis.

O vacilo, porém, foi consertado: aos 20’, Paulinho roubou a bola no meio de campo e deu bela assistência para Raphael Martinho, que tinha acabado de entrar, avançar e chutar rasteiro na saída de Denis para desempatar.

Leia mais  Priscilla Stevaux volta a treinar após queda no Mundial de Supercross

Quando o confronto parecia resolvido e tudo se encaminhava para o São Bento trazer três pontos importantes a Sorocaba, Henal “aprontou” aos 40’. Em cruzamento despretensioso de Júlio Rusch, o goleiro falhou ao tentar agarrar. A bola, então, sobrou nos pés de Rafael Marques, que ajeitou para João Diogo bater e igualar o marcador. Dali em diante, o Figueira martelou em busca do empate, mas o empate prevaleceu.

“Isso não é desculpa. Rebati a bola. O Wesley ameaçou que ia chutar e acabou me enganando. E aí demos o empate. Mas o que é válido é o que nosso time apresentou. Trabalhamos bem a bola, criamos chances de gol. Agora é voltar para casa e tentar buscar a primeira vitória”, disse Henal ao canal SporTV, na saída do gramado.

O São Bento volta a campo na quinta-feira (9), quando enfrenta o Botafogo de Ribeirão Preto, às 19h15, no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC). Já o Figueirense terá o próximo compromisso no sábado (11), às 16h30, diante do Sport, na Ilha do Retiro.

Ficha técnica

Figueirense – Denis, Kauê (Alemão), Pereira, Ruan Renato e Matheus Destro (Matheuzinho); Zé Antônio, Tony e Jean Martim (Júlio Rusch); Felipe Mateus, João Diogo e Rafael Marques. Técnico: Hemerson Maria

São Bento – Henal, Régis (Raphael Martinho), Wesley, Élton e Mansur; Feijão, Pablo e Paulinho; Minho, Cafú (Fernandes) e Zé Roberto (Alecsandro). Técnico: Doriva

Gols – Tony, aos 4’ do 2T, e João Diogo, aos 40’ do 2T (Figueirense); Zé Roberto, aos 45’ do 1T, e Raphael Martinho, aos 20’ do 2T (São Bento)

Cartões amarelos – Kauê e Júlio Rusch (Figueirense); Zé Roberto, Minho e Paulinho (São Bento)

Árbitro – Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Local – Estádio Orlando Scarpelli

Público e renda – 4.501 pessoas/R$ 95.180,00

Comentários