São Bento

Brasileiro Série B: São Bento perde do Bragantino por 2 a 0

Azulão teve um atleta a mais durante quase todo o jogo, mas não soube aproveitar a superioridade numérica
São Bento teve um atleta a mais durante boa parte do jogo, mas perdeu em Bragança Paulista. Crédito da Foto: Divulgação/ECSB

Mesmo com um jogador a mais na quase totalidade da partida, o São Bento foi superado por 2 a 0 pelo Bragantino, ontem, fora de casa, na sétima rodada da Série B. O clube sorocabano conheceu sua quarta derrota e estacionou nos sete pontos conquistados, na 12ª colocação. O Bragantino assumiu provisoriamente a liderança da competição, com 16 pontos.

A partida começou truncada e a primeira emoção foi a expulsão do zagueiro Léo Ortiz, do Bragantino. Zé Roberto foi lançado por Régis em contra-ataque, Ortiz encostou no camisa 9 sorocabano, que desabou. O árbitro Leandro Bizzio Marinho entendeu como falta e chance clara de gol — já que o zagueiro era o último homem — e expulsou o jogador da casa, aos 11 minutos.

A falta na entrada da área foi cobrada com categoria por Fabrício Oya, mas parou nas mãos do goleiro Júlio César. A expulsão parecia que deixaria o Azulão com moral na partida. Oya roubou uma bola na saída de jogo do Braga e tocou para Cafu, que obrigou novamente o goleiro bragantino a fazer boa defesa. A resposta do Bragantino veio com Claudinho. De fora da área, o atacante finalizou com muita força. O goleiro Paulo Vitor fez grande defesa.

Leia mais  São Bento tem desafio em Bragança Paulista pela sétima rodada do Brasileiro

O São Bento sofria com a lentidão na posse de bola. A última chance do primeiro tempo veio com Vinícius Kiss, que recebeu bom cruzamento de Mansur e cabeceou para o chão; a bola quicou e quase encobriu Júlio César, que conseguiu dar um tapinha e jogá-la por cima do travessão.

A vantagem numérica do time sorocabano não surtiu efeito dentro de campo. O Azulão deixou o Bragantino, em certos momentos, equilibrar o jogo e não conseguiu tirar vantagem da situação. As equipes foram para os vestiários com 0 a 0 no placar.

O início do segundo tempo manteve o mesmo roteiro da primeira etapa. O São Bento com lentidão e o Bragantino tirando a velocidade do jogo, chegando apenas na bola parada. E foi justamente assim que o Braga abriu o placar. No escanteio cobrado por Pio, o goleiro Paulo Vitor saiu mal do gol e não achou a bola, que encontrou a cabeça do atacante Wesley, livre na segunda trave, que abriu o marcador.

Leia mais  Brasil goleia Honduras no último jogo antes da Copa América: 7 a 0

Com uma apresentação muito ruim, já no final do jogo o São Bento sofreu a expulsão de Régis. De quebra, ainda levou o segundo gol, em contra- ataque. Com a defesa sorocabana escancarada, Ytalo arrancou e bateu de perna direita para fechar o placar em Bragança Paulista.

“Infelizmente não tivemos um bom desempenho na segunda etapa, erramos muito, fomos pressionados. Praticamente ficamos sem conseguir finalizar no período final”, lamentou o auxiliar técnico Luizinho Rangel, que orientou o time em campo por causa da suspensão de Doriva.

A próxima partida do São Bento será apenas na terça-feira (11), contra o Vila Nova-GO, fora de casa, às 19h15. Já o Bragantino recebe o América-MG, na mesma data, às 20h30. (Zeca Cardoso)

Ficha técnica:

BRAGANTINO 2 X 0 SÃO BENTO

Bragantino – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Pio, Pedro Naressi e Ytalo (Peixoto); Wesley (Tubarão), Thiago Ribeiro (Rayan) e Claudinho. Técnico: Antônio Carlos Zaga

Leia mais  Ainda em busca de explicações, técnico Doriva precisa rever estratégia

São Bento – Paulo Vitor; Régis, Guilherme Mattis, Élton (Alisson) e Mansur; Fábio Bahia, Pablo (Joãozinho) e Vinícius Kiss, Cafu; Fabrício Oya (Alecsandro) e Zé Roberto. Técnico: Luizinho Rangel

Gols – Wesley (20’ do 2º T), Ytalo (47’ do 2º T)

Árbitro – Leandro Bizzio Marinho (SP)

Cartão Vermelho – Léo Ortiz (Bragantino); Régis (São Bento)

Cartões Amarelos – Antônio Carlos Zago, Pio, Pedro Naressi (Bragantino); Cafu, Fabrício Oya, Régis, Vinícius Kiss, Zé Roberto (São Bento)

Público – 4.976 pessoas

Renda – R$ 33.840,00

Local – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista

. Confira abaixo como foi o jogo em tempo real. (Da Redação)

Comentários