São Bento

São Bento faz terceira viagem em sete dias, agora pela Série C

A equipe vai enfrentar o Tombense, sábado (12), às 16 horas, em Minas Gerais
Azulão na estrada
Depois de ir para Londrina e Taubaté, o destino de hoje é Tombos, palco do jogo de sábado (12). Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (28/7/2020)

A maratona de jogos do São Bento inicio um novo capítulo nesta quinta-feira (10). Agora, pela Série C do Campeonato Brasileiro. Os sorocabanos pegaram a estrada às 7h15 com destino a Tombos, em Minas Gerais. No sábado (12), o Bentão encara o Tombense, às 16 horas.

Nos últimos sete dias, o elenco beneditino viajou para Londrina (PR) e Taubaté (SP). A viagem ao Paraná, de ônibus, teve uma duração aproximada de 16 horas, ida e volta. Para o Vale do Paraíba foi um total de cerca de 6 horas, também de ônibus. Agora, serão mais 1.574 quilômetros para a jogar a sexta rodada da terceira divisão nacional.

A sequência de partidas e longas viagens é grande. Por conta disso, o desgaste físico chegou para alguns atletas, que serão poupados, como aponta o técnico Edson Vieira. “Alguns jogadores a gente não vai levar, vamos deixar fora. Podemos levar 23 (jogadores) para Tombos. Viagem longa, 12 horas para ir e 12 horas para voltar. Já brinquei que é como se fosse Libertadores e Brasileirão, mas o São Bento não consegue fretar avião”, falou o treinador.

Um dos jogadores preservados deve ser o zagueiro Douglas Assis, que deixou a partida contra o Taubaté, na terça-feira (8), ainda no primeiro tempo, com dores musculares. Apesar dos problemas, Edson prega o espírito de luta, uma das marcas de seus trabalhos. “Temos que ir no sacrifício, na raça. Sabemos as condições que o clube enfrenta hoje. Temos que lutar, não adianta ficar reclamando ou olhando para trás. Temos que olhar para o nosso caminho”, afirmou o comandante beneditino.

Além dos problemas físicos, o São Bento vive um momento muito difícil em termos de resultado na Série C. Em cinco partidas, são quatro derrotas e um empate. Um ponto conquistado em 15 disputados. O Azulão ocupa a lanterna do Grupo B e o alerta está ligado, já que restam 13 partidas para o clube garantir, pelo menos, a permanência na divisão.

A situação no campeonato nacional incomoda bastante o técnico Edson Vieira. “Alguns jogos a gente não poderia ter perdido. Poderíamos estar hoje com 4 ou 5 pontos, estaria ótimo, excelente. Até por como foi o nosso começo. Isso tem me intrigado muito, mas vamos seguir buscando os nossos objetivos”, pontuou.

Alteração de horário

A Federação Paulista de Futebol (FPF) alterou o horário da partida de volta entre São Bento e Taubaté pelas quartas de final da Série A2. O jogo inicialmente agendado para as 15 horas da próxima terça-feira (15) será às 21h30, no Estádio Walter Ribeiro.

Com o empate, por 0 a 0, no primeiro confronto, uma vitória simples classifica o vencedor à semifinal da competição. Uma nova igualdade no placar, não importando se com gols ou não, levará a decisão para as penalidades. (Zeca Cardoso)

Comentários