São Bento

Ambiente mais leve é a definição para a condição da equipe

Vitória sobre o Criciúma traz alívio para o elenco do São Bento
Ambiente mais leve
Jogadores ganharam novo ânimo e mostram mais confiança de que podem iniciar uma nova fase contra a Ponte Preta. Crédito da foto: Emidio Marques

Um ambiente mais leve é a definição do estado de espírito do grupo do São Bento neste momento. Após a vitória da última terça-feira, por 1 a 0, contra o Criciúma, o elenco sorocabano voltou a respirar de maneira mais aliviado. O gol de Paulinho Boia encerrou um jejum de sete partidas sem vencer por parte do time de Sorocaba.

“A gente tem que se gostar mais. Nós somos um time, ninguém vai jogar sozinho. Um tem que ajudar o outro. Ter o mesmo objetivo, olhar para o mesmo foco. Essa alegria é muito importante. E aqui nós temos essa alegria. Claro, com responsabilidade”, falou o zagueiro Élton, que voltou a ser titular depois de três partidas de fora.

E o grupo está ciente da responsabilidade. Mesmo com os três pontos conquistados, o Bentão ainda está na zona do rebaixamento. Hoje, é o 17º colocado, com 12 pontos. O primeiro clube fora do Z4 é o Criciúma, que está com 13 pontos. A próxima partida será contra a Ponte Preta, amanhã, às 16h30, no CIC.

 

“A Série B é um campeonato que você tem sequências de jogos ruins e, do nada, uma sequência boa. Esperamos fazer uma grande partida. Temos que ganhar esse jogo de qualquer jeito. Ainda estamos em uma situação desconfortável”, explicou Marcos Martins, lateral-direito que estreou na última partida.

Em parte, a confiança dos jogadores foi resgatada e o torcedor passou a acreditar mais na equipe. Élton deve formar a dupla de zaga titular ao lado de Guilherme Mattis, que volta de suspensão. O zagueiro falou da importância em contar com o apoio da torcida nas arquibancada do CIC. “Como atleta a gente entende o lado do torcedor. Eles sofrem, assim como a gente. A cobrança é normal, mas pedimos que eles nos apoiem, compareçam. Junto com eles ficamos ainda mais fortes”, confidenciou o camisa 3.

Os titulares que enfrentaram o Criciúma fizeram um trabalho regenerativo no treinamento de ontem, enquanto os reservas trabalharam com bola em campo reduzido.

 

Os ingressos para o jogo contra a Ponte Preta custam entre R$ 10 e R$ 80. A entradas podem ser adquiridas na secretaria do clube (rua Antônio José Castronovo, 455), loja Loucos por Futebol (Rua da Penha, 496), Opção Tintas (avenida Gen. Carneiro, 516) e KMF Baterias (rua Atanázio Soares, 1150). A partir de amanhã os bilhetes podem ser cobrados nas bilheterias do CIC, a partir das 9h. (Zeca Cardoso)

Comentários