Esporte São Bento

São Bento volta a campo para encarar o Goiás, integrante do G4

O atacante Ricardo Bueno, que deve transferir-se para o Ceará, não deve jogar hoje
Não dá nem tempo de lamentar
Abuda é o candidato natural a substituir o volante Dudu Vieira. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (19/8/2018)

O São Bento sofreu para o CSA, no último sábado, a sexta derrota na Série B, com mais um gol sofrido no final do confronto. De que quebra, recebeu na tarde desta segunda-feira (20) a solicitação de rescisão contratual do atacante Ricardo Bueno — que deve transferir-se para o Ceará e não jogará hoje. Não há tempo, no entanto, para se lamentar. Embora o golpe tenha sido dolorido em Maceió, o Azulão, em menos de três dias volta a campo para mais uma parada dura fora de casa: enfrenta, nesta terça-feira (21) às 20h30, o Goiás, no Estádio Olímpico.

O alviverde goiano vem numa crescente, venceu os dois últimos jogos e ocupa a quarta colocação na competição, com 33 pontos. O time de Sorocaba, que ainda não venceu longe do Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC) na segunda divisão nacional, está em 13º, com 25 pontos.

O técnico Marquinhos Santos, que não poderá ficar à beira do gramado hoje — ele foi expulso em Alagoas por manter a bola nas mãos e retardar uma cobrança de lateral do CSA –, disse que estava orgulhoso da postura do time diante do CSA, em entrevista após o jogo. “Saímos derrotados, mas o time não se intimidou, teve marcação alta, marcou pressão e teve as melhores oportunidades. Infelizmente, numa bola parada, veio o castigo. É aquele velho ditado: ‘quem não faz toma’. Faltou um detalhe, (uma correção) no posicionamento”, analisou.

Leia mais  Palmeiras conquista o título do Paulistão 2020

Além do treinador e de Ricardo Bueno, o volante Dudu Vieira será desfalque, cumprindo suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. O substituto natural é Abuda. No ataque, Ronaldo deve ser escalado.

Na ótica de Marquinhos Santos, o time tem evoluído, apesar dos dois tropeços até aqui no returno (o empate em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas e a derrota do fim de semana). “Temos proposto o jogo, mesmo fora de casa. Não temos sido um time reativo, que joga apenas por uma bola”, afirmou. Na estatística da partida com o CSA, consta que o São Bento teve 10 chutes no total, mas nenhum em direção ao gol de Lucas Frigeri. Já a posse de bola ficou em 43%, ante 57% do adversário.

No primeiro turno, o Azulão empatou em 1 a 1 com o Goiás no CIC, com gols de Walterson e Rafinha, respectivamente. À época, no final de abril, o esmeraldino vinha em momento crítico, com duas derrotas seguidas na Série B, o que é um contraste ao atual cenário do clube do Centro-Oeste. Para esta terça-feira, o técnico Ney Franco não tem desfalques e deve repetir a escalação do 2 a 1 sobre o Figueirense, fora de casa, na última sexta.

Acompanhe

A Cruzeiro FM 92,3 transmite o confronto, a partir das 20h. A narração é de Nilson Duarte, com reportagens de Caio Rossini, comentários de Érico Bueno e apresentação e plantão de Juarez Morato.

Leia mais  Lewis Hamilton vence pela sétima vez o GP da Inglaterra

Bentão traz o oitavo atacante: Danilo Bala

Não dá nem tempo de lamentar
Revelado no Sergipe, Danilo assinou contrato até o fim de 2019. Crédito da foto: Divulgação EC São Bento

O atacante Danilo Bala, de 25 anos, fechou contrato com o São Bento na manhã de ontem. O jogador assinou com o clube até dezembro de 2019. Revelado no Confiança, de Sergipe, o atleta passou pelo Juazeirense, Boa Esporte, Uberlândia e Campinense. Teve, ainda, uma experiência no exterior em 2016, quando defendeu o Montana, da Bulgária. Desde o início da Série B do Campeonato Brasileiro, Bala é o oitavo nome anunciado para o setor de ataque: antes, vieram Ricardo Bueno, Branquinho, Cléo Silva, Francis, Gabriel Vasconcelos, Joãozinho e Roni.

GOIÁS X SÃO BENTO

Goiás – Marcos; Alex Silva, Vitor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto Júnior, Giovanni e Renato Cajá; Felipe Garcia, Lucão e Michael. Técnico: Ney Franco

São Bento – Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Abuda e Roni; Cléo Silva, Ronaldo e Joãozinho. Técnico:- Marquinhos Santos

Árbitro – Francisco Carlos do Nascimento
Local – Estádio Olímpico (GO)
Horário – 20h30

Comentários