Esporte São Bento

São Bento perde para o Atlético por 1 a 0 e fica em 12º na competição

Apático em campo, o time pouco criou e se viu atrapalhado pela expulsão precoce de Roni, aos 30 minutos do primeiro tempo
Resultado deixa o Bentão na 12ª colocação, enquanto o Dragão chega à sétima. Crédito da foto: Jesus Vicente / Repórter autônomo

Descompromissado e caminhando para o final da Série B apenas cumprindo tabela, o São Bento chegou à terceira derrota consecutiva ao perder nesta sexta-feira (16) por 1 a 0 para o Atlético-GO, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Apático em campo, o time pouco criou — embora tenha tido uma grande chance para o empate nos minutos finais — e se viu atrapalhado pela expulsão precoce de Roni, aos 30 minutos do primeiro tempo, por reclamação.

O resultado deixa o Bentão na 12ª colocação, com 46 pontos, enquanto o Dragão chega a 56 e sobe uma posição, ficando em sétimo lugar, com chances muito remotas de acesso. Na próxima e última rodada, o São Bento recebe o Vila Nova no CIC, enquanto o Atlético vai a Belém enfrentar o desesperado Paysandu. As duas partidas acontecem no sábado (24), às 17h.

Com um elenco mais enxuto por conta das recentes dispensas, Marquinhos Santos pela primeira vez adotou um esquema com três zagueiros. Debaixo de muita chuva, os donos da casa não demoraram a tomar as rédeas da partida e ditar o ritmo criando algumas chances, preparando a abertura do placar, o que não demorou a acontecer. Aos 24’, Henal cobrou mal um tiro de meta e deu a bola nos pés de Renato Kayser, que acionou André Luís. Em velocidade, o atacante que acabou de renovar contrato com o clube goiano, invadiu a área e tocou com categoria na saída do goleiro beneditino: 1 a 0.

Leia mais  Palmeiras estuda redução de salários

O que já era ruim piorou logo depois: após se enroscar no meio-campo com a marcação adversária e ver o árbitro nada marcar, Roni reclamou excessivamente e recebeu o cartão vermelho direto. Com um a menos, o Bentão, que já não criava, passou a assistir ao Dragão tocar a bola e chegar ao seu gol com facilidade.

Algumas chances apareceram ainda no primeiro tempo, mas foi depois do intervalo que os anfitriões quase aumentaram a contagem: aos 8’, Renato Kayser chegou a balançar as redes em bonita cabeçada, mas foi flagrado em impedimento. Pedro Bambu tentou em finalização de média distância, mas errou o alvo. Antes, João Paulo já havia exigido uma boa defesa de Henal batendo colocado. Perto do fim, o zagueiro Gilvan ganhou pelo alto e carimbou a trave de Henal.

Sem muito a perder, o São Bento teve a melhor chance para empatar aos 45’: Paulo Vinícius, que substituiu Dudu Vieira na etapa complementar, puxou rápido contra ataque pelo meio. Antes de a marcação chegar, ele inverteu a jogada com Cléo Silva, que limpou a marcação e, de esquerda, mandou por cima do gol.

Ficha Técnica

Atlético-GO 1 X 0 São Bento

Leia mais  Melhor jogador do futsal do mundo é de Sorocaba

Atlético-GO – Klever; Alisson, Oliveira, Gian e Moraes; Pedro Bambu, Vitinho (Thiago Santos) e João Paulo; André Luís (Denilson), Júlio César e Renato Kayser. Técnico: Wagner Lopes

São Bento – Henal; Luizão, Anderson Salles e Ewerton Páscoa; Fábio Bahia, Dudu Vieira (Paulo Vinícius), Tony, Marcelo Cordeiro e Roni; Joãozinho (Cléo Silva) e Francis. Técnico: Marquinhos Santos

Gol – André Luís aos 24’ do 1T

Cartões amarelos – Thiago Santos (Atlético-GO), Tony e Ewerton Páscoa (São Bento)

Cartão vermelho – Roni (São Bento)

Árbitro – Wagner Reway (MT)

Público e renda – não informados

Local – Estádio Antônio Accioly, em Goiânia

Na Cruzeiro FM

A rádio Cruzeiro FM 92,3 transmitiu o jogo ao vivo com narração de Nilson Duarte; reportagens de André Fazano; comentários de Rodrigo Gasparini; apresentação e plantão esportivo de Juarez Morato.

Leia mais  Primeiro caso de coronavírus é confirmado em Itu

 

Ouça o gol de Atlético Goianiense na narração de Nilson Duarte.

Comentários