Esporte São Bento

São Bento perde em Goiânia e entra na zona de rebaixamento

Bentão foi derrotado pelo Goiás por 2 a 1 e pela primeira vez está no Z4 da Série B
goiás-são bento
Bentão empatou em Goiânia. Crédito da foto: Jesus Vicente / Repórter Autônomo

Em noite inspirada do atacante Michael, do Goiás, o São Bento foi derrotado por 2 a 1 pelo time esmeraldino, nesta terça-feira (21), no Estádio Olímpico, pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Fora de casa, a equipe sorocabana não venceu um jogo sequer na competição. O tropeço mais recente representa o quarto jogo consecutivo sem vitória do time de Sorocaba, que agora ocupa a 17ª colocação, a primeira na zona de rebaixamento, com 25 pontos. O alviverde do Centro-Oeste, por sua vez, vive um dos melhores momentos na competição, no terceiro lugar da tabela, com 36 pontos.

A tônica do que seria o primeiro tempo ficou evidente logo de cara: o Goiás forçando as jogadas com o veloz Michael, pelo lado esquerdo, e o São Bento marcando pressão, com as linhas mais adiantadas, buscando o contra-ataque. Entre as duas estratégias, a do esmeraldino surtiu efeito primeiro. Aos 30’, o “imparável” Michael cruzou bola na área, Lucão se antecipou ao zagueiro Ewerton Páscoa e cabeceou de costas, matando Rodrigo Viana — este foi o 10º gol do centroavante, artilheiro da competição. Se o Azulão vinha deixando a desejar novamente em termos de criatividade, a alternativa veio na bola parada, perto do fim da etapa. Aos 42’, Anderson Salles fez valer a “lei do ex” e, de falta, empatou em bonito chute.

O tropeço mais recente representa o quarto jogo consecutivo sem vitória do time de Sorocaba

No segundo tempo, duas situações continuaram iguais: o atacante Michael infernizando a defesa beneditina e a “lei do ex” prevalecendo. Embora Anderson Salles tenha arrancado o empate, ele acumulou o “cargo” de vilão no segundo gol sofrido pelo São Bento. Em passe errado do zagueiro, que serviu de assistência para Michael, o velocista arrancou e tocou rasteiro para o sorocabano Giovanni bater entre as pernas de Viana, na marca de 17 minutos. No final, aos 48’, o autor do primeiro gol beneditino teve outra falta para bater, mas a bola parou nas mãos do goleiro Alex e o placar ficou no 2 a 1.

Leia mais  Cinco jogadores ficarão de fora da estreia do São Bento no Paulistão

“Na Série B não tem jogo fácil. Seja quem enfrentarmos, vai ser difícil. Temos que vencer o quanto antes”, disse rapidamente o atacante Ronaldo, ao canal Premiere, na saída do gramado. Giovanni, que teve passagens pelo São Bento em 2015, 2016 e 2017, celebrou o gol marcado. “Não tem cara que se cobra mais do que eu. Hoje estou feliz de sair daqui aplaudido”, afirmou.

O próximo compromisso do São Bento na Série B será no sábado (25), às 16h30, diante do Avaí, no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC).

O próximo compromisso do São Bento na Série B será no sábado (25), às 16h30, diante do Avaí, no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC). O Goiás volta a campo no mesmo dia e horário para o clássico contra o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada.

GOIÁS 2 X 1 SÃO BENTO

Goiás – Marcos; Alex, Victor Ramos, David e Ernandes; Gilberto (João Afonso), Giovanni (Tiago Luis) e Renato Cajá; Lucão, Felipe Garcia (Maranhão) e Michael. Técnico – Ney Franco

São Bento – Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Abuda (Samuel Santos) e Roni (Diogo Oliveira); Gabriel Vasconcelos, Ronaldo e Joãozinho (Cléo Silva). Técnico – Marquinhos Santos

Gols – Lucão, aos 30’ do 1T, Giovanni, aos 17 do 2T (Goiás); Anderson Salles, aos 42’ do 1T (São Bento)

Árbitro – Francisco Carlos do Nascimento

Cartões amarelos – Victor Ramos e Tiago Luis (Goiás); Abuda e Tony (São Bento)

Público e renda – não divulgados

Local – Estádio Olímpico (Goiânia / GO)

Leia mais  Grupo B: veja quem está na mesma chave do São Bento no Paulistão
Comentários