Esporte São Bento

São Bento perde da Ponte Preta em Campinas

Apesar da derrota, o Bentão se mantém na 13ª colocação da Série B com 43 pontos
Embora não tenha sofrido muito na defesa, o time viu a Macaca balançar as redes duas vezes em vacilos da retaguarda. Crédito da foto: Jesus Vicente / Repórter Autônomo

Com um time alternativo — conforme o esperado –, o São Bento foi derrotado nesta sexta-feira (2) pela Ponte Preta por 2 a 1 no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. A estratégia de dar oportunidade a jogadores que pouco atuaram na temporada, a fim de preservar a parte física dos atletas que vinham numa sequência maior de partidas, não surtiu efeito e o time pouco criou. E, embora não tenha sofrido muito na defesa, o time viu a Macaca balançar as redes duas vezes em vacilos da retaguarda.

Apesar da derrota, o Bentão se mantém na 13ª colocação da Série B com 43 pontos. Já a Ponte chegou a 50, mas segue em oitavo lugar. Na próxima rodada, o Azulão sorocabano recebe o Coritiba, na terça-feira (6), às 20h30, no CIC, mesmo dia e horário em que os campineiros terão o Boa Esporte pela frente, em casa.

Leia mais  São Bento entra em campo com a complicada missão de recuperar pontos

Antes do apito inicial, os jogadores dos dois times homenagearam Daniel, morto na última semana, com um minuto de silêncio no círculo central. Ambas as equipes foram justamente as duas últimas do meia. Os jogadores do São Bento ainda ostentavam uma faixa preta amarrada ao braço em sinal de luto e entraram em campo com uma foto do atleta.

Quando a bola rolou, o jogo começou travado e, na primeira chance real de gol, aos 23 minutos, a Ponte abriu o placar: Danilo Barcelos cobrou escanteio pela esquerda e o zagueiro Renan Fonseca, livre, mal precisou subir para testar no alto e fazer 1 a 0.

O empate veio ainda na primeira etapa, e praticamente da mesma forma: naquela que também foi a primeira oportunidade do Azulão, aos 40’, Roni cobrou escanteio, o goleiro Ivan ficou no meio do caminho e Ewerton Páscoa ganhou de Júnior Santos pelo alto para tocar de cabeça para o gol.

Leia mais  Inter de Limeira surpreende e derrota o Corinthians por 1 a 0 em São Paulo

Na volta do intervalo, a Ponte se lançou ao ataque e começou a mostrar que queria a vitória. Aos 10’, Bruno Ré perdeu o tempo da bola e acabou acertando André Luís na área, levando o árbitro a marcar pênalti. Na cobrança, Danilo Barcelos encheu o pé no canto direito de Rodrigo Viana, que caiu para o outro lado: 2 a 1.

Marquinhos Santos, então, mexeu no time e conseguiu fazer um São Bento mais ofensivo com Ronaldo e Luidy. Justamente os dois é que criariam boas chances chutando de longe, mas por cima, além de Roni, que parou numa grande defesa do goleiro Ivan. A Ponte respondeu e também assustou no fim em vacilo de Rodrigo Viana, que ele ainda conseguiu corrigir.

Ficha técnica

Ponte Preta 2 X 1 São Bento

Ponte Preta – Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; João Vítor, Lucas Mineiro, Tiago Real (Paulinho) e Matheus Vargas (Murilo Henrique); Júnior Santos (Hyuri) e André Luís. Técnico: Gilson Kleina

Leia mais  De volta, Antony e Igor Gomes treinam e reforçam São Paulo contra o Corinthians

São Bento – Rodrigo Viana; Everton Silva, Ewerton Páscoa, Luizão e Bruno Ré; Abuda (Ronaldo), Samuel Santos (Paulo Vinícius), Dudu Vieira e Roni; Joãozinho (Luidy) e Francis. Técnico: Marquinhos Santos

Gols – Renan Fonseca aos 23’, Ewerton Páscoa aos 40 do 1º tempo e Danilo Barcelos aos 11’ do 2º tempo

Árbitro – Leandro Bizzio Marinho (SP)

Cartões amarelos – João Vítor, Júnior Santos (Ponte Preta), Samuel Santos, Roni e Francis (São Bento)

Público – 6.501 pessoas

Renda – R$ 69.115

Local – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Comentários