Esporte São Bento

São Bento comemora início de nova fase após segunda vitória seguida

O São Bento enfrenta o Juventude em Caxias do Sul neste sábado (8)
Para Marquinhos Santos, Ronaldo ainda vai encontrar o gol. Crédito da foto: Erick Pinheiro

A vitória sobre o Paysandu na última terça-feira (4) parece ter “virado” a chave no São Bento. O fim da série negativa e o segundo triunfo consecutivo levaram o técnico Marquinhos Santos a comemorar a nova fase. Mas não há muito tempo para celebrar, já que o elenco viaja ainda nesta quinta-feira (6) para Caxias do Sul para enfrentar o Juventude no sábado (8), às 16h30, no Alfredo Jaconi.

“Esses dois últimos jogos com resultado de vitória trazem novamente a confiança. As bolas a nosso favor não estavam entrando e as do adversário encontrando o ‘V’ do nosso gol, então parece que o vento começou a virar”, declarou o treinador do São Bento após a partida. A citação não é da boca para fora: enquanto o Paysandu carimbou o travessão de Rodrigo Viana ainda no primeiro tempo em lance que poderia ter mudado a história do jogo, a bola são-bentista que bateu na trave voltou nas costas do goleiro Renan Rocha e encontrou o fundo do gol.

Leia mais  Análise aponta trio dominante no futebol brasileiro

Marquinhos enalteceu a dedicação dos atletas e atribui a mudança de cenário ao trabalho do grupo. “Os jogadores deixaram suas famílias para se concentrar desde o domingo. Foi um jogo muito mais de transpiração do que inspiração”, declarou. Além disso, ele celebrou o fato de ser o segundo jogo da equipe sem levar gol, o que só veio a acontecer após 10 rodadas — e tinha acontecido em apenas duas oportunidades até então em mais de 20 rodadas na Série B. “Isso é importante, pois éramos uma equipe que sofria gol em todos os jogos. Mesmo com todas as dificuldades que tivemos, perda de jogadores, conseguimos esse ajuste com trabalho e empenho dos atletas”, disse.

Questionado sobre o imbróglio envolvendo o atacante Kléber Gladiador — que chegou a acertar com o São Bento, mas teve a contratação descartada por conta do limite de inscrição de atletas vindos de outros times da Série B –, Marquinhos preferiu enaltecer o elenco, especialmente quem é da posição.

“Valorizo o meu grupo e meus atletas. Tá faltando um pouquinho para que o Ronaldo tenha a confiança necessária e encontre o caminho do gol. Ele já teve gols legais anulados”, disse. Titular nas últimas partidas, Ronaldo iniciou no banco de reservas contra o Paysandu e entrou no segundo tempo e, embora sua atuação tenha sido elogiada pelo técnico, foi alvo de muita cobrança dos torcedores do São Bento.

Comentários