fbpx
Esporte São Bento

São Bento amarga segunda queda no ano

Agora, resta ao clube entrar em campo no sábado (30), para cumprir tabela contra o América-MG, às 16h30, em Belo Horizonte
Azulão amarga segunda queda no ano
Cordeiro apontou erro no planejamento para o Paulistão. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (18/11/2019)

O rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro é a segunda queda acumulada pelo são Bento na temporada. No Campeonato Paulista, disputado no primeiro semestre, o time de Sorocaba fez a pior campanha entre todos os times da competição e irá disputar a A2 em 2020. O ano de 2019 é apontado pela diretoria do próprio clube como um acumulado de erros nas contratações — principalmente, para o Paulistão.

Somente na Série B, o São Bento contou com 49 jogadores presentes na súmula. Foram sete goleiros, quatro laterais-direitos, três laterais-esquerdos, oito zagueiros, 11 volantes, quatro meias e 12 atacantes. Os dois últimos reforços para o ano chegaram no dia 8 de outubro: o zagueiro Eduardo e o atacante Wilson — este deixou o clube nove dias depois de ser anunciado.

Leia mais  Dupla é detida com drogas após perseguição policial entre Votorantim e Sorocaba

“Muitos jogadores que o clube escolheu, não deram resultado. Foram saindo atletas e chegando outros. É difícil fazer isso (reformulação) durante o campeonato e ter sucesso. O ideal é que você monte um grupo e vá fortalecendo. Nós não conseguimos fazer isso. Toda vez que você faz o processo inverso, você erra no planejamento”, analisou o técnico interino Marcelo Cordeiro.

Agora, resta ao clube entrar em campo no sábado (30), para cumprir tabela contra o América-MG, às 16h30, em Belo Horizonte. Para a partida, Marcelo Cordeiro não poderá contar com o atacante Zé Roberto, vice-artilheiro da Série B com 14 gols, e o meia Rodolfo, ambos suspensos pelos terceiro cartão amarelo. (Da Redação)

Comentários