Esporte São Bento

Prioridade do São Bento é consolidar permanência da Série B em 2019

Para chegar a esse objetivo, clube projeta somar pelo menos seis pontos nos próximos três jogos
Prioridade absoluta
Para o goleiro Rodrigo Viana, é preciso fazer pelo menos seis pontos nos próximos três jogos. Isso vai facilitar até a renovação dos contratos. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Mesmo que os 45 pontos sejam uma margem de segurança que talvez nem precise ser atingida para que os times que lutam contra o rebaixamento se garantam na Série B em 2019, a meta é tratada com prioridade absoluta dentro do São Bento.

E para chegar a esse objetivo, o clube não quer perder tempo, projetando a somatória de pelo menos seis pontos nos próximos três jogos — dos quais dois serão dentro de casa. Para o goleiro Rodrigo Viana — único jogador a atuar em todos os minutos da campanha são-bentista na Série B até aqui — a pontuação é necessária até mesmo para que os jogadores possam se atentar para outros aspectos, como a renovação de contrato.

“Estamos esperando chegar nos 45, 46 pontos para então avançar mais nas negociações. Temos uma certa conversa, mas prefiro focar nessas últimas partidas para depois conversar sobre o futuro”, disse o camisa 1, em entrevista coletiva nesta semana.

Leia mais  Apan Sorocaba conquista 22 pódios no Torneio Regional

Viana chega ao final de sua terceira temporada no Azulão — tendo assumido a titularidade na Série D de 2016 e ficado no posto desde então. Ele avalia que, apesar da distância para as equipes que abrem a zona de rebaixamento (hoje são sete pontos, mas dois dos times nessa condição já jogaram na rodada), a ameaça ainda não está descartada. “Ainda não atingimos a pontuação que pretendemos. Faltam duas vitórias e nos próximos três jogos temos de dar a vida para conseguir”, disse.

Amanhã, em Londrina, ele possivelmente terá pela frente um ataque formado por jogadores experientes, com boas passagens por clubes de ponta: Thiago Ribeiro e Dagoberto, que é o vice-artilheiro da Série B, com 12 gols. Para Viana, porém, embora a qualidade do adversário preocupe, o São Bento tem tudo para terminar mais uma partida sem levar gols.

Leia mais  Santos conquista o tetracampeonato paulista feminino

“Todo time da Série B tem um jogador que desequilibra. No Londrina tem sido o Dagoberto. Mas temos de pensar no nosso time, nossa forma de jogar bem definida. O grupo como um todo vai conseguir marcar e anular as individualidades deles.”

Comentários

Sobre o Autor

César Santana