Esporte

Paulo Wanderley é reeleito presidente do COB

Paulo Wanderley é reeleito presidente do COB
Ele foi reconduzido em primeiro turno. Crédito da foto: Miriam Jeske / COB (7/10/2020)

Com 26 votos, o atual presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley Teixeira, foi reeleito ontem (7) para o próximo quadriênio à frente da entidade. Ele venceu em primeiro turno com apenas um apoio além do necessário. Foi a primeira vez em quatro décadas que a eleição para presidência do comitê contou com mais de dois candidatos — a última havia sido em 1979.

Paulo Wanderley assumiu após a renúncia e prisão de Carlos Arthur Nuzman, em 2017, e buscava novo mandato. Ele teve a concorrência de Rafael Westrupp, presidente da Confederação Brasileira de Tênis, que recebeu 20 votos e ficou em segundo; e Hélio Meirelles, que dirige a Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno desde 2002, com dois votos.

Com o apoio de entidades de peso, como a CBF, a CBV e a CBB, a chapa de Wanderley sempre fora apontada como favorita, mas os concorrentes contavam com ex-esportistas como candidatos a vice. O primeiro tinha Emanuel Rego, ex-jogador do vôlei de praia, como vice. Meirelles, por sua vez, concorria com Robson Caetano, dono de duas medalhas olímpicas.

Paulo Wanderley somou 26 votos na primeira rodada (um a mais do que os 25 exigidos) e foi reconduzido ao cargo logo no primeiro turno da votação. Ele terá Marco Antonio La Porta novamente como vice. Aos 70 anos, o ex-presidente da Confederação Brasileira de Judô estará à frente do COB nas duas próximas edições dos Jogos Olímpicos: em Tóquio, no próximo ano, e em Paris-2024. (Felipe Rosa Mendes e Márcio Dolzan – Estadão Conteúdo)

Comentários