Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Palmeiras deixa vitória escapar

30 de Agosto de 2020

Palmeiras deixa vitória escapar Os dois times demonstraram mais disposição para atacar no segundo tempo da partida. Crédito da foto: Walmir Cirne / Agif / Estadão Conteúdo (29/8/2020)

Uma falha do goleiro Weverton nos acréscimos tirou a vitória do Palmeiras em Salvador. O goleiro saiu mal em um cruzamento e aos 49 minutos o Bahia conseguiu arrancar o empate de 1 a 1 que serve como um castigo para o time alviverde, que mais uma vez não fez uma grande partida.

Luxemburgo surpreendeu e começou com Marcos Rocha, Viña e Luiz Adriano no banco. Segundo o treinador, a escolha foi por uma questão física, já que o trio não estava 100%.

O marasmo dos jogos passados continuou no Palmeiras. O primeiro tempo foi de dar sono, com duas equipes errando muitos passes, apostando em uma marcação mais recuada, por zona, e com enormes dificuldades para chegar ao ataque.

O Bahia era quem demonstrava um pouco mais de organização, com Rodriguinho distribuindo as bolas para Rossi e Élber pelas pontas e Gilberto centralizado no ataque. Mas o time baiano falhava no último toque antes da finalização. No outro lado, o Palmeiras mostrava ainda mais limitação.

A impressão era de que o time não sabia exatamente o que fazer com a bola no pé. Isso fez com que se passasse todo o primeiro tempo sem ter uma chance real de abrir o placar.

Na etapa final, os times voltaram parecendo que estavam mais dispostos. Ainda não foi uma partida de encher os olhos, mas pelo menos teve um pouco mais de emoção. Logo no primeiro minuto, Gilberto marcou, mas o lance foi anulado por impedimento. Pouco depois, o Palmeiras enfim conseguiu encaixar um bom ataque com Rony, que chegou na linha de fundo e cruzou, mas ninguém desviou.

Luxemburgo resolveu mexer no time, do meio para frente. As mexidas surtiram efeito e o gol da vitória saiu justamente em jogada de quem havia acabado de entrar. Luiz Adriano recebeu passe de Scarpa e cruzou para Zé Rafael marcar.

Parecia que a vitória estava garantida, até que um cruzamento simples para a área, Weverton saiu errado e deixou o gol livre para Marco Antônio deixar tudo igual. (Daniel Batista - Estadão Conteúdo)

BAHIA 1 X 1 PALMEIRAS

Bahia - Anderson; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Daniel (Clayson) e Rodriguinho (Marco Antônio); Rossi (Ronaldo), Élber e Gilberto (Saldanha). Técnico: Roger Machado

Palmeiras - Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Bruno Henrique (Ramires), Gabriel Menino (Gustavo Scarpa), Patrick de Paula e Lucas Lima (Zé Rafael); Willian (Luiz Adriano) e Rony (Wesley). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gols - Zé Rafael, aos 31 minutos; e Marco Antônio, aos 49 do 2º Tempo

Árbitro - Bruno Arleu de Araujo

Cartões - Amarelos: Gregore, Luan, Ramires e Wesley.

Local - Pituaçu, em Salvador