Esporte

O clássico das crises

Sob pressão e desfalcados, Corinthians e Santos jogam às 19h
O clássico das crises
O que difere os times é a situação na tabela: Timão patina e Peixe tenta ficar entre os primeiros. Crédito da foto: Ivan Storti / Santos FC (2/2/2020)

Corinthians e Santos jogam hoje (7), às 19 horas, na Neo Química Arena, vivendo crises. Enquanto os corintianos enfrentam protesto de torcedores e péssima sequência no Campeonato Brasileiro, os visitantes tentam se reorganizar após o afastamento do presidente José Carlos Peres. Para piorar, jogam desfalcados.

Ontem (6), viaturas da Polícia Militar estiveram na porta do CT Joaquim Grava para acompanhar o protesto pacífico de torcedores do Timão. A equipe está a apenas dois pontos da zona do rebaixamento. “Cássio, Fagner, Gil, Avelar, Jô… serão cobrados todos, sim”, dizia uma das faixas penduradas na entrada do CT. A torcida também cantava: “Alô, Cássio, presta atenção, sua história não é maior do que a do Coringão”.

“Concordo que temos errado situações que a gente costuma não errar. Todos nós. Me incluo nisso também, mas vamos evoluir, subir na tabela, em busca das vitórias”, disse o goleiro. Outra faixa ainda cobrava a contratação de um técnico. Tiago Nunes foi demitido em 11 de setembro e, desde então, o treinador do sub-20, Dyego Coelho, assumiu o comando da equipe de forma interina.

Presidente interino do Santos há uma semana, Orlando Rollo anunciou ontem (6) o desligamento de funcionários da área administrativa e a indicação de nomes para a criação de um comitê de transição. O presidente José Carlos Peres está afastado desde o dia 28, quando o Conselho Deliberativo do Santos aprovou o parecer da Comissão de Inquérito e Sindicância (CIS) e abriu processo de impeachment. Algumas das causas que levaram ao impeachment foram as reprovações nas contas de 2019 e 2018.

Os dois times chegam desfalcados para o clássico. O técnico interino Dyego Coelho não contará com o volante Cantillo, convocado pela Colômbia, e Otero, que está com a seleção venezuelana. Eles também perderão o jogo contra Ceará e Athletico-PR, ambos pelo Brasileirão.

As ausências devem dar nova chance a Araos e possibilitar o primeiro jogo de Cazares como titular da equipe. O equatoriano entrou no decorrer dos dois últimos jogos, mas ainda aprimora a parte física. Os dois vão atuar com o objetivo de encerrar com a seca de gols – o Corinthians não marca há três partidas.

No Santos, Marinho, Alison, Lucas Veríssimo não se recuperam de problemas físicos, não treinaram na terça e devem ficar de fora. Também seguem fora Raniel, Sánchez, Vladimir, Arthur Gomes e Soteldo. O técnico Cuca está suspenso e não ficará no banco. (João Prata – Estadão Conteúdo)

CORINTHIANS x SANTOS

Corinthians – Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar, Lucas Piton; Gabriel, Roni (Camacho), Ramiro, Luan, Léo Natel; Jô. Técnico: Dyego Coelho (interino)

Santos – João Paulo; Pará, Luan Peres, Alex (Luiz Felipe) e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Jobson e Jean Mota; Madson, Lucas Braga e Kaio Jorge. Técnico: Cuca

Árbitro Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local – Neo Química Arena, em São Paulo

Horário – 19h

Comentários