Buscar no Cruzeiro

Buscar

Campeonato Brasileiro

Timão fica entre os quatro melhores se bater o Sport e rivais tropeçarem

09 de Outubro de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo [email protected]
Giuliano (dir). é um dos retratos do
Giuliano (dir). é um dos retratos do "novo" Corinthians, que briga no topo da tabela. (Crédito: RODRIGO COCA / AG. CORINTHIANS (8/10/2021))

O patinho feio virou cisne. Apontado como candidato a rebaixamento no início do Brasileirão, o Corinthians se reforçou com nomes de peso e viu sua realidade mudar drasticamente. Invicto há dez jogos, o time de Sylvinho ganhou corpo com Giuliano, Renato Augusto, Willian e Róger Guedes, escalou a tabela e já briga para ficar entre os quatro melhores do campeonato. Em quinto, com 37 pontos, e a dois de Fortaleza, Palmeiras e Flamengo, embolados do segundo ao quarto posto, o Timão busca nova vitória sobre o Sport, hoje (9), às 16h30, na Arena Pernambuco, em duelo da 25ª rodada.

Com o quarteto de reforços, Sylvinho ajustou o Corinthians e transformou o time em um dos melhores do Brasileirão. A defesa é a segunda melhor do torneio, o meio de campo é mais criativo e o ataque passou a ser produtivo com os gols de Róger Guedes, eleito o melhor jogador do mês de setembro do torneio nacional. O time está perto de entrar no G4 depois de somar 20 pontos dos 30 disputados com os novos reforços. São cinco vitórias e cinco empates nos últimos dez jogos.

“O time está jogando bem. É um momento bom. Todos são muito importantes. É a força do grupo. Mas temos muito o que fazer ainda. É um processo de construção. O ambiente é ótimo e estou feliz por esse momento”, resumiu Sylvinho. Para ele, há três pilares no elenco fundamentais para esse processo de reconstrução corintiana: os atletas experientes, campeões de tudo, casos de Cássio, Fagner e Fábio Santos; o quarteto de reforços e os jovens oriundos da base, como Gabriel Pereira. O garoto rápido e habilidoso tem sido titular e encantou o treinador.

Para continuar sua escalada em Pernambuco, o Corinthians não terá Willian, preservado em virtude de um desconforto na coxa esquerda. Contra o Bahia, o meia-atacante já havia jogado apenas um tempo. Jô deve ser o titular e formar dupla de ataque com Róger Guedes.

Já o Sport tem meta oposta a do adversário: deixar a zona de rebaixamento na rodada. Não há melhor momento para isso, já que quebrou jejum de três meses como mandante e emplacou duas vitórias seguidas, contra Grêmio e Juventude, indo aos 23 pontos, mas ainda na penúltima colocação.

No mesmo horário jogam Fluminense x Atlético-GO, no Maracanã, e Atlético-MG x Ceará, no Mineirão. Às 19h, o Fortaleza tem confronto direto com o Fortaleza no Castelão e o Athletico-PR recebe o Bahia na Arena da Baixada. Juventude x América-MG medem forças às 21h em Caxias do Sul. (Da Redação, com Estadão Conteúdo)

SPORT x CORINTHIANS

Sport - Mailson, Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino, Sander, Marcão Silva, José Welison e Everton Felipe; Paulinho Moccelin, Gustavo e Mikael. Técnico: Gustavo Florentín

Corinthians - Cássio, Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Renato Augusto e Giuliano; Gabriel Pereira, Róger Guedes e Jô. Técnico: Sylvinho

Árbitro - Savio Pereira Sampaio (DF)

Horário - 16h30

Local - Arena Pernambuco, no Recife