Buscar no Cruzeiro

Buscar

Copa Libertadores

Reservas em ação

Por final do Paulista, São Paulo põe suplentes na Libertadores

18 de Maio de 2021 às 00:01
Estadão Conteúdo [email protected]
Luciano, recuperado de lesão, estará em campo para readquirir ritmo.
Luciano, recuperado de lesão, estará em campo para readquirir ritmo. (Crédito: RUBENS CHIRI / SAOPAULOFC.NET (16/5/2021))

O São Paulo joga na noite de hoje (18) contra o Racing com o objetivo de garantir a classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores. Embora leve muito a sério a competição, o Tricolor prioriza, neste momento, as finais do Campeonato Paulista e, por isso, deve entrar em campo mais uma vez com reservas no duelo diante dos argentinos, às 21h30, no Morumbi.

O São Paulo lidera o Grupo E da Libertadores com oito pontos, mesma pontuação do vice-líder Racing -- está na frente do adversário por ter melhor saldo de gols. Invicto na competição continental, pode se classificar para o mata-mata antecipadamente em caso de vitória sobre o rival argentino, que também ainda não perdeu no torneio. Se empatar, terá de contar com um tropeço do Rentistas diante do Sporting Cristal, em duelo a ser disputado amanhã (19).

Envolvido em uma maratona desgastante de jogos, o São Paulo optou por dar prioridade ao Paulistão porque o torneio é, no momento, a maior oportunidade para tirar o clube de uma seca de quase 11 anos sem títulos. Em relação ao Estadual, o jejum é ainda maior, de 16 anos. Daí a explicação para o técnico Hernán Crespo preservar os titulares na Libertadores e deixá-los menos desgastados para as finais contra o Palmeiras pelo Estadual, que começam na quinta-feira.

O Tricolor passou à final do Paulistão com atuação de gala sobre o Mirassol, domingo (16), na semifinal. Venceu por 4 a 0, no Morumbi, com gols de Arboleda, Pablo, Gabriel Sara e Luciano -- que voltou ao time após lesão muscular. Este último deve ser o principal nome na escalação contra o Racing. Ele era titular absoluto da equipe, mas precisa readquirir o ritmo de jogo ideal após passar várias rodadas no departamento médico. Em seu lugar, Crespo tem escalado o jovem Gabriel Sara, que tem correspondido com gols.

Outro que está recuperado de lesão na coxa é Daniel Alves. O lateral-direito, um dos líderes do elenco, porém, deve começar o confronto desta terça no banco de reservas e pode ser que ganhe alguns minutos antes da final do Paulistão. Já o atacante Eder ainda se recupera de um edema na coxa e segue fora.

Nesse cenário, é provável que jovens como Rodrigo Freitas, Rodrigo Nestor, Talles Costa e Welington ganhem mais uma oportunidade para mostrar seu valor ao treinador são-paulino, satisfeito com o que tem visto neste início de temporada. O time tricolor está invicto há 14 partidas e não perde há mais de dois meses. O último revés foi para o Novorizontino, por 2 a 1, pelo Paulistão, no dia 13 de março.

O Racing, por sua vez, surpreendeu ao se classificar para as semifinais da Copa da Liga Argentina derrotando o favorito Vélez Sarsfield nos pênaltis depois de empate sem gols no tempo normal. Embora o técnico Juan Antonio Pizzi não tenha antecipado as mudanças prováveis, a equipe de Avellaneda, deve jogar no Morumbi com um time misto, de olho já no duelo com o Boca Juniors, próximo rival nas semis da Copa da Liga Argentina. (Estadão Conteúdo)

SÃO PAULO x RACING-ARG

São Paulo - Lucas Perri; Diego Costa, Rodrigo Freitas e Bruno Alves; Orejuela, Rodrigo Nestor, Talles Costa, Igor Gomes e Welington; Luciano e Vitor Bueno. Técnico: Hernán Crespo

Racing-ARG - Gabriel Arias; Lucas Orbán, Juan Cáceres, Nery Domínguez e Eugenio Mena; Leonel Miranda, Julián López, Tomás Chancalay e Ignacio Piatti; Enzo Copetti e Maximiliano Lovera. Técnico: Juan Antonio Pizzi

Árbitro - Jesús Valenzuela (Venezuela)

Horário - 21h30

Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo