Esporte

Mano Menezes é anunciado como novo técnico do Palmeiras

Segundo o clube, o técnico, de 57 anos, acertou contrato até o final de 2021
O último trabalho de Mano antes de chegar ao Palestra Itália foi no Cruzeiro. Foto: Douglas Magno / AFP

Mano Menezes é o novo treinador do Palmeiras. O técnico, de 57 anos, acertou contrato até o final de 2021. A informação foi divulgada pelo clube paulista no final da manhã desta terça-feira (03).

O técnico deve desembarcar em São Paulo-SP nos próximos dias para assinar o vínculo e comandar o time. Ainda conforme o clube, chegam com ele o auxiliar Sidnei Lobo e o preparador físico Eduardo Silva (o Dudu).

O anúncio acontece um dia depois da saída de Luiz Felipe Scolari. Ele não resistiu à pressão pela eliminação da Copa Libertadores e de mais uma derrota no comando da equipe, sendo demitido pelo presidente alviverde, Mauricio Galliote, em reunião na Academia de Futebol na noite desta segunda-feira (2).

O Palmeiras, atual quinto colocado do Brasileirão com 30 pontos (mas com uma partida a cumprir), volta a campo no sábado (07), contra o Goiás, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, às 21h, pela 18ª rodada do torneio nacional.

Trajetória de Mano Menezes

“Será uma honra dirigir a Sociedade Esportiva Palmeiras. Minha trajetória vem ao encontro do que pensa o clube e sua imensa torcida. O respeito construído como adversário agora nos torna parceiros. Estilo de jogo se constrói com um grupo de jogadores qualificados e isso certamente temos. As conquistas serão resultado do somatório dessas forças. Os adversários devem ser os outros. Para seguir conquistando vamos em frente. Que assim seja”, afirmou Mano em nota divulgada no site do Palmeiras.

Mano chamou a atenção do cenário nacional pela primeira vez em 2004, quando levou o modesto XV de Novembro-RS à semifinal da Copa do Brasil. Em 2005, comandou o Grêmio e foi campeão da Série B do mesmo ano e gaúcho em 2006 e 2007.

No Corinthians, foi campeão da Série B em 2008 e paulista e da Copa do Brasil em 2009. Tal desempenho o levou à Seleção Brasileira no meio do ano de 2010. Em 2012, foi medalhista de prata nas Olimpíadas de Londres.

Seu último trabalho antes de chegar ao Palestra Itália foi no Cruzeiro. No clube mineiro (em duas passagens), foi duas vezes campeão estadual (em 2018 e 2019) e bicampeão da Copa do Brasil (em 2017 e 2018). Mano passou ainda por Flamengo e Shandong Luneng, da China. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO