Esporte

Magnus Futsal vence Santo André na estreia na temporada

Ala Leandro Lino anotou um hat-trick e marcou os três gols do time no primeiro jogo do ano
Magnus vence Santo André na estreia na temporada
Leandro Lino anotou os três gols da vitória sorocabana sobre o Santo André, na Arena Sorocaba. Crédito da foto: Fábio Rogério

O Magnus Futsal estreou oficialmente na temporada 2019 com o pé direito, ao vencer o Santo André por 3 a 2, na noite desta quarta-feira (27), na Arena Sorocaba. E se o ano começou bem para a equipe local, teve um início ainda mais saboroso para o ala Leandro Lino, que anotou um hat-trick e marcou os três gols do time no primeiro jogo do ano.

A partida marcou, também, a estreia de reforços importantes da equipe, como os alas Danilo Baron (campeão e melhor jogador da Liga Nacional em 2018) e Pett, além do pivô Charuto. No primeiro ano fora das quadras, o craque Falcão não deixou de prestigiar a equipe e acompanhou o jogo do lado de fora.

Leia mais  Magnus Futsal abre temporada 2019 contra o Santo André

 

Mas o ano começou de forma surpreendente para os comandados de Ricardinho. Se os sorocabanos acharam que teriam vida fácil — já haviam vencido o time do ABC em jogo-treino na pré-temporada –, se enganaram, já que foi o Santo André que abriu o placar: aos 6’, Rizzi puxou contra ataque pela direita e deixou Kevin no chão antes de tocar com categoria na saída de Lucas Oliveira e fazer 1 a 0.

Alternando o quarteto de linha em quadra, o Magnus começou a pressionar e criar boas chances, mas encontrou um adversário bem postado. As melhores oportunidades vieram em chutes de longe de Leozinho, Rodrigo e Pett. O Santo André respondeu e Mancine quase ampliou aproveitando rebote do goleiro sorocabano. Mas, ainda no fim da primeira etapa, Danilo Baron encontrou Lino livre na área que só desviou para empatar. Ainda antes do intervalo, logo após o primeiro gol, ele marcou o segundo após boa tabela com Pett, tocando na saída de Tatá.

No segundo tempo, o jogo seguiu com marcação forte dos dois lados e o Santo André logo recorreu ao goleiro-linha para buscar a igualdade. Foi quando Lucas Oliveira encontrou espaço para chutar para o gol vazio, mas errou o alvo.

Na segunda metade da etapa final, o nome do jogo, Leandro Lino, recebeu mais uma vez no fundo e chutou cruzado para marcar pela terceira vez na noite. O Santo André ainda teria tempo para descontar, mais uma vez com Rizzi, mas a reação parou por aí. (César Santana)

Comentários

CLASSICRUZEIRO