Esporte

Luan volta a treinar no Palmeiras

Luan volta a treinar no Palmeiras
O defensor era um dos 15 infectados pelo surto de Covid-19. Crédito da foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras (8/11/2020)

Classificado para as semifinais da Copa do Brasil e embalado no Brasileirão, o Palmeiras teve boas notícias ontem (19). O zagueiro Luan voltou aos treinos, recuperado da Covid-19, e pode reforçar o time diante do Goiás, amanhã (21). Luan era um dos 15 infectados pelo surto de Covid-19 que atingiu o Palmeiras. Agora são 14 em recuperação do vírus. O clube ainda informou que Gustavo Scarpa contraiu o coronavírus pela segunda vez.

Com o retorno de Luan aos treinos, o Palmeiras deve ter a dupla de zaga titular diante do Goiás. Ele não enfrentou o Ceará, na quarta-feira. O companheiro Gustavo Gomez ficou no banco de reservas após defender o Paraguai nas Eliminatórias, entrando apenas nos minutos finais da partida de quarta-feira contra o Ceará. Renan e Emerson Santos jogaram.

Agora o técnico Abel Ferreira deve resgatar a dupla titular no jogo com o lanterna, no qual o Palmeiras defenderá seu 10º jogo de invencibilidade. Ganhar significa encostar no líder Atlético-MG.

Leia mais  São Bento empata com Volta Redonda e complica luta contra rebaixamento

Operado da fratura no tornozelo esquerdo há uma semana, o volante Felipe Melo postou ontem (19) um vídeo em suas redes sociais no qual caminha sem o auxílio das muletas, prometendo surpreender, voltando a campo ainda neste temporada. “Gratidão e milagre. O tempo de Deus é diferente do tempo do homem!”, publicou o jogador de 37 anos, em legenda do vídeo gravado pela esposa.

Patrick de Paula

O volante Patrick de Paula tem sido alvo de trabalho para não se deslumbrar com o rápido sucesso obtido na carreira. Depois de se destacar no título do Paulistão e de receber sondagens de times europeus, o jogador de 21 anos perdeu espaço e só voltou a ser titular nas duas últimas partidas. Nesse período, o camisa 5 ouviu algumas broncas e recebeu correções.

“Acredito que teve este relaxo, que é normal ainda mais para um menino de 20 anos. É estrela, vai esperando ser o melhor do mundo. É nesse momento que nós, clube e treinador, temos de colocá-lo na terra”, disse o treinador português Abel Ferreira. (Estadão Conteúdo)

Comentários